Formulário de Busca

Aliado de Pedro Veloso preso em flagrante comprando votos em Imperatriz

sáb, 30/09/06
por Décio Sá |
categoria Sem Categoria

Um cabo eleitoral do deputado Pedro Veloso (PDT), Antonio Aécio da Silva, foi preso hoje à tarde em flagrante em Imperatriz pela Polícia Federal acusado de comprar votos para o parlamentar por R$ 30,00.

Antonio Aécio foi preso no centro da cidade. Neste momento, ele está prestando depoimento na sede da PF na cidade localizado no conjunto Planalto.

Filuca denuncia “malote de dinheiro” em Pinheiro

sáb, 30/09/06
por Décio Sá |
categoria Sem Categoria

O prefeito de Pinheiro, Filuca Mendes, denunciou no final da manhã de hoje em entrevista à rádio Mirante AM a ocorrência de um suposto crime eleitoral no município. De acordo com o prefeito, o helicóptero que transporta o candidato Jackson Lago (PDT), pousou na cidade por volta das 11h30 em um terreno localizado em frente ao Quartel da Polícia Militar.

Do helicóptero, que não passou 15 minutos em Pinheiro, desceu uma pessoa com uma espécie de malote e entregou a outra que já aguardava em terra. Filuca disse desconfiar que esse malote, na verdade, seja dinheiro destinado à compra ou aliciamento de eleitores neste domingo.

“Presumo que esse malote seja dinheiro. Ninguém vem trazer cartaz ou santinho de helicóptero. Aqui em Pinheiro existem cerca de cem pessoas arregimentando eleitores para a boca-de-urna. Estão pagando R$ 40,00 por eleitor”, denunciou. O prefeito acionou os advogados da coligação “Maranhão-A Força do Povo” para a tomada das providências. Ele também denunciou o caso ao promotor e ao juiz eleitoral da cidade.

Ao saber do fato, o procurador regional eleitoral Juraci Guimarães Júnior disse que a melhor medida a ser tomada era denunciar o caso imediatamente à Justiça Eleitoral do município para que fosse iniciada uma investigação o mais rápido possível.

A denúncia de Filuca coincide com informação publicada por este blogue hoje pela manhã (veja matéria abaixo) de que o governador José Reinaldo vai utilizar a máquina administrativa do estado para levar a eleição ao 2º turno. O governador teria dito a um prefeito da região do Munim que ele irá se “arrepender” caso não apóie a sua cooperativa de candidatos.

José Reinaldo promete virar eleição na boca-da-urna

sáb, 30/09/06
por Décio Sá |
categoria Sem Categoria

Depois do acidente com o helicóptero ocorrido quinta-feira em São João do Caru, o governador José Reinaldo (PSB) não parou mais em São Luís. Embarcou no outro dia para uma série de compromissos no interior do estado e deve voltar à capital somente no domingo para votar.

Um prefeito que esteve com José Reinaldo nos últimos dias revelou a este blogue sua determinação de levar a eleição para o segundo turno nesses últimos dias de campanha, ou seja, na boca-da-urna.

“Eles não dizem que nós temos uma cooperativa de candidatos? Então, uma cooperativa vale mais que uma candidata (Roseana). Não se ganha eleição antes. Se ganha eleição no dia da eleição”, disse.

O governador afirmou mais, segundo nossa fonte. “Meu nome é só Zé, mas não sou Zé (Mané) não”. Questionado sobre o acidente, ele minimiza a situação dizendo que o fato “é coisa normal, isso acontece”.

O empenho de José Reinaldo é tanto que enquanto ele se desloca de helicóptero pelo interior do Maranhão uma equipe de assessores segue de avião, trajeto normalmente feito de carro.

PF apreende jornal a mando de Jackson

Agentes da Polícia Federal cumpriram agora pouco mandado de busca e apreensão na sede do jornal “Itaqui Bacanga” a pedido da “Frente de Libertação do Maranhão”, que tem o ex-prefeito Jackson Lago (PDT) como candidato ao governo

Os federais cumpriram ordem da Justiça Eleitoral, determinada depois de ação ajuizada pelo pedetista para recolher todos os exemplares do semanário. Na última quinta-feira, o “Itaqui Bacanga” circulou com dez mil exemplares.

As manchetes das notícias que irritaram o candidato do PDT foram as seguintes: “Pesquisas fazem Jackson Lago admitir vitória de Roseana no 1º turno” e “Jackson Lago é desmascarado por líder comunitária da Vila Maranhão”.

Nesta reportagem, uma professora identificada por Dona Roxa denuncia que na época em que era prefeito de São Luís, o pedetista criou uma espécie de bolsa-escola e abriu contas em bancos para contratar as profissionais. Depois do fim do contrato, Dona Roxa afirma ter ficado com débito no banco e por conta disso teve seu nome inscrito no SPC e Serasa.

Os três agentes da PF que estiveram na sede do “Itaqui-Bacanga” recolheram apenas uma sobra de cem dos dez mil jornais que foram às bancas quinta-feira. Eles teriam dito que estavam com ordem para prender qualquer pessoa que estivesse com o jornal em mãos.

Para um dos sócios do semanário, César Cutrim, a ação da “Frente de Libertação do Maranhão” mostra que o ex-prefeito não exerce a democracia que diz pregar. “Essa foi uma ação de verdadeiro desespero de quem sabe que vai perder a eleição. Com essa medida, Jackson mostra seu verdadeiro caráter de perseguidor e tirano”, desabafou.

TSE cassa Wilson Carvalho e cincos ex-prefeitos

sex, 29/09/06
por Décio Sá |
categoria Sem Categoria

O TSE cassou hoje à tarde as candidaturas dos ex-prefeitos Paulo Marinho (Caxias) e Pedro Paruru (Pindaré) e do deputado Wilson Carvalho (Cururupu). Também tiveram seus registros indeferidos ao longo da semana os ex-prefeitos Raimundo Coelho (Fortuna), Jurandy Carvalho (Presidente Dutra) e Gildásio Chaves (Fortaleza dos Nogueiras).

Este blogue está tendo dificuldade de conseguir as informações completas dessas cassações porque o site do TSE não está abrindo devido provavelmente ao grande número de acessos de todo país.

Todos esses ex-prefeitos tiveram problemas com prestações de contas. Paulo Marinho ainda tinha o agravante de ter sido condenado por improbidade administrativa. O TSE já tinha cassado o registro de Wilson Carvalho em decisão monocrática, mas ele recorreu ao pleno que confirmou a medida tomada.

Os candidatos cassados, cujas fotos estão inseridas nas urnas eletrônicas, só não terão seus votos anulados se conseguirem alguma decisão favorável do próprio TSE até domingo.

Ibope: Sarney lidera pesquisa no AP

sex, 29/09/06
por Décio Sá |
categoria Sem Categoria

Saiu nova pesquisa Ibope no Amapá. O ex-presidente José Sarney aparece com 50% dos votos contra 37% de Cristina Almeida. Se for levado em conta os votos válidos, Sarney fica com 54% contra 40% de sua concorrente.

Falta de pagamento gera revolta no PDT e PSB

sex, 29/09/06
por Décio Sá |
categoria Sem Categoria

Cabos eleitorais do ex-prefeito Jackson Lago (PDT) estão em pé de guerra no comitê do candidato, localizado numa mansão no Jardim Eldorado. Eles reclamam dois meses de salários atrasados. Foi prometido pagamento de parte do atrasado para hoje, o que não ocorreu irritando ainda mais os trabalhadores. Eles ameaçam, inclusive, deflagrar uma greve a qualquer momento.

Situação parecida vive o comitê do PSB. Sem receber o prometido, um dos pilotos de um dos helicópteros contratados para a campanha do ex-ministro Edson Vidigal teria deixado São Luís sem avisar ninguém.

Contador de acesso do blogue é zerado

O contador de acesso deste blogue zerou quando chegamos aos 13 mil acessos. O problema é de responsabilidade da globo.com. É a segunda vez que o problema ocorre.Quando foi mudado o layout desta página o contador também foi zerado.Estamos tentando contato com os técnicos do globo.com no Rio de Janeiro com objetivo de corrigir o problema. Eu, particularmente, acho isso difícil.

Na verdade, o globolog é uma ferramenta nova da globo.com. Eles ainda estão em fase de ajustes e esses problemas estão ocorrendo com freqüência.

Candidatos do governador pressionam Marcos Silva

sex, 29/09/06
por Décio Sá |
categoria Sem Categoria

O candidato do PSTU, Marcos Silva, afirmou hoje pela manhã ao repórter Deni Cabral, da rádio Mirante AM, que está sendo pressionado pelos candidatos do governador José Reinaldo (PSB) a substituir seu nome por outro membro do partido na disputa pelo Governo do Estado.

Segundo apurou o blogue, outros integrantes do PSTU estão sendo assediados no sentido de convencer o sindicalista a fazer a substituição. Um deles foi o professor da UFMA Welbson Madeira, que não teria sido muito receptivo à proposta.

O problema é que Marcos Silva foi cassado pelo TSE devido a só ter apresentado no dia 19 de junho deste ano sua prestação de contas das eleições de 2004. Se ele não conseguir do TSE nenhuma decisão favorável seus votos serão nulos.

Jackson Lago (PDT), Aderson Lago (PSDB) e Edson Vidigal (PSB) querem validar os votos do PSTU para ajudar a levar a eleição para o segundo turno. Marcos Silva aparece com 1% nas pesquisas. O problema é que a lógica do PSTU é de que a eleição é apenas um momento de esclarecimento da luta da classe operária.

A legenda não vê o voto pela lógica dos “partidos burgueses” onde o pleito serve para conquistar cargos e poder político. Por isso, dificilmente Marcos Silva deve ceder, mesmo que tenha os votos anulados, à “cooperativa” de candidatos de José Reinaldo. Caso contrário, pode entrar para a história como mais um “laranja” destas eleições.

Contra o Maranhão

O governador José Reinaldo contratou a empresa Pública para tentar alavancar seu governo e o candidato Edson Vidigal. Nem uma coisa nem outra. A empresa só está servindo para achincalhar o nome do Maranhão a nível nacional.

A última “plantação” foi um artigo publicado na “Folha de S. Paulo” e reproduzido hoje no “Jornal Pequeno”. Como se vê, o que os marqueteiros importados sabem fazer bem mesmo é propaganda negativa do estado.

Em pé de guerra

Este blogue está recebendo muitas denúncias contra o prefeito Manoel Mariano, o Nenzim (Barra do Corda). Por causa da dificuldade de eleger o filho, deputado Rigo Teles (PSDB), ele teria ameaçado de morte o vice-prefeito Aristides Milhomem, irmão do deputado Tatá Milhomem (PFL).

Anteontem Rigo Teles, acompanhado de vários seguranças ou jagunços, se engalfinhou na porta do Banco do Brasil de Barra do Corda com o vice-prefeito de Jenipapo dos Vieiras, Toinho da Brilho, que não quer apoiar o tucano. Tatá Milhomem comunicou ao presidente do TRE, Jorge Rachid, que se acontecer alguma coisa com seu irmão o responsável é Nenzim e Rigo Teles.

Negada liminar que favorecia fraude em Codó

qui, 28/09/06
por Décio Sá |
categoria Sem Categoria

O TRE negou agora pouco, por unanimidade, liminar em mandado de segurança ajuizado pela “Frente de Libertação do Maranhão”, que facilitaria a fraude em Códó (leia matéria abaixo).

A coligação comandada pelo ex-prefeito Jackson Lago (PDT) queria cassar decisão da Justiça Eleitoral determinando que os eleitores do município votem, além do título, com um documento de identidade com foto. A medida visa inibir a fraude ocorrida na cidade em 2004 quando várias pessoas foram presas com títulos escaneados (falsos).

Curiosamente, o TSE tomou decisão parecida em julgamento encerrado agora a pouco em caso envolvendo uma cidade da Bahia, onde a juíza local fez determinação idêntica à dos juízes de Codó.

Censura: procurador dá parecer contra Aderson

qui, 28/09/06
por Décio Sá |
categoria Sem Categoria

O deputado e ex-oposicionista Aderson Lago (PSDB), um dos candidatos do governador José Reinaldo (PSB), perdeu mais um rounde na guerra que vem travando na Justiça Eleitoral para exterminar este blogue.

O procurador regional eleitoral auxiliar Sergei Medeiros de Araújo, a exemplo da posição tomada no caso Graça Paz (PDT), deu parecer contrário à proposta do tucano que pede a retirada deste blogue do ar. O juiz Cardoso Filho já tinha negado liminar pedida pelo deputado. Ele ainda vai julgar o mérito da questão.

Aderson ficou chateado porque chamamos de “factóide” a ação em que ele queria cobrir com uma lona preta o nome da senadora Roseana Sarney exposto na fachada do prédio do TCE. Ele também se irritou por termos noticiado o fato do advogado Marcos Lobo ter ajuizado 33 representações acusando-o de usar indevidamente seu gabinete na Assembléia. As ações foram julgadas improcedentes pelo TRE.

Sergei Medeiros afirma que a “divulgação de fato a envolver o candidato requerente não chegou a caracterizar difusão de opinião contrária, mas simples cobertura jornalística. Tenho afirmado que a imprensa não está proibida de divulgar fatos que envolvem partidos e candidatos, ainda que eles sejam negativos”.

O procurador explica que blog é a abreviatura das palavras inglesas web (rede) e log (diário de bordo onde os navegadores registravam os eventos das viagens, principalmente os ligados ao clima), ou seja, weblog. Portanto, blogue (termo já aportuguesado) é um diário pessoal que não se enquadra nos parâmetros da Lei Eleitoral.

No entanto, o filho do candidato, o advogado Rodrigo Lago, disse que irá recorrer até o TSE em Brasília, se perder a questão no Maranhão. Pelo que se observa, depois de perseguir a Família Sarney na Assembléia, o já quase ex-deputado resolveu agora perseguir os profissionais que trabalham nas empresas de comunicação criadas pelo ex-presidente, que nada têm a ver com suas disputas políticas.

PDT de Jackson quer facilitar fraude em Codó

qui, 28/09/06
por Décio Sá |
categoria Sem Categoria

Quem diria! O ex-prefeito Jackson Lago, através dos advogados da “Frente de Libertação do Maranhão”, acaba de ajuizar no TRE um mandado de segurança com pedido de liminar que, na prática, vai facilitar a fraude no município de Codó.

Para moralizar o pleito na cidade – marcado nas eleições de 2004 por denúncias de fraude contra o prefeito Biné Figueiredo – os juízes eleitorais baixaram uma portaria no sentido de obrigar os eleitores a votarem com o título e outro documento com foto.

A decisão dos magistrados codoenses foi ratificada pelo TRE. Ao contrário da moralidade que prega, Jackson quer que a Justiça Eleitoral revogue a decisão, o que vai facilitar a fraude em Codó.

Para quem não lembra. Nas eleições de 2004, várias pessoas foram presas na cidade usando títulos escaneados. Eram “eleitores” a serviço de Biné e seu filho, o deputado Camilo Figueiredo (PDT).



Formulário de Busca


2000-2014 globo.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade