Formulário de Busca

Viva 2009!!!

qua, 31/12/08
por Décio Sá |
categoria Variedades

ano-novo-australia.jpg

Virada do ano na Austrália onde já é 2009.

Aldernir Santana Neves: à espera de um milagre

qua, 31/12/08
por Décio Sá |

aldenir-santana-neves.JPGHoje foi mais um dia de aflição para políticos e advogados que militam na Justiça Eleitoral. A preocupação era com a posse dos prefeitos no interior do estado a partir da meia-noite. Até o início da noite o deputado Paulo Neto (PSB) e vários advogados confubalavam na porta do órgão à espera de alguma decisão de última hora ou mesmo vigiando a entrada de recursos dos adversários.

Ao grupo juntou-se o prefeito de Urbano Santos, Aldenir Santana Neves (PDT/foto). Ontem o juiz do TRE Nivaldo Guimarães concedeu liminar para que o ex-prefeito Abnanab Leda (PTB), vencedor da eleição, fosse diplomado no cargo. Ambos foram presos na Operação Rapina. Aldenir foi motorista de Abnadab, que o colocou na prefeitura. A criatura quis superar o criador.

O pedetista aguardava alguma liminar para reverter sua situação. Talvez um milagre. Recorreu até ao TSE em Brasília, sem sucesso. Ontem ele sacou R$ 1,8 milhão da conta do município apesar dela estar bloqueada pela justiça. Os funcionários públicos de Urbano Santos reclamam salários atrasados. Ele nega tudo. O já quase ex-prefeito passou o dia atrás de um conhecido advogado a quem deu RS 100 mil para resolver sua situação. O causídico nem atendeu suas ligações.

Quando foi preso pela Polícia Federal (PF) foram encontrados R$ 6 milhões em sua conta. Ele acredita que o processo sobre o caso, por envover cerca de 120 pessoas, só será concluído daqui a 20, 30 anos. Se a previsão se confirmar, os possíveis crimes que teria cometido estão praticamente prescritos.

No entanto, o maior medo de Aldenir é ter de voltar ao convívio de seus colegas federais – ele é funcionário da área administrativa do órgão. Queria passar mais quatro anos à frente do prefeitura para poder se aposentar. Pelo jeito terá de voltar ao batente e adiar os planos de aposentadoria.

O aquartelamento de Pereirinha

qua, 31/12/08
por Décio Sá |
categoria Política local

hotel-pereirinha.JPG

O presidente da Câmara de São Luís, Isaías Pereirinha (PSL), está aquartelado há três dias no hotel Dunas do Araçagi com o grupo de vereadores que apóia sua reeleição na Casa. Os vereadores estão praticamente incomunicáveis para evitar investidas do aliados de Chico Carvalho (PSL). Eles só saem juntos do local. Parece uma seita. Uma ala inteira do hotel foi alugada por Pereirinha. Não se sabe ainda quem pagará a conta.

Clientes e frequentadores do local, onde hoje acontecerá uma festa de reveillon, estão irritados com a presença dos visitantes ilustres porque todo mundo está tendo de se identificar na portaria. Falar com um dos vereadores nem pensar. É preciso autorização do presidente da Câmara. 

É assim que se faz política em São Luís e no Maranhão.

Globo mostra caos na segurança pública do MA

qua, 31/12/08
por Décio Sá |

O Jornal Hoje, da Rede Globo, exibiu agora há pouco imagens da confusão em Tutóia quando servidores enfurecidos destruíram a casa do prefeito Zilmar Araújo Melo (PMDB). O blog noticiou o fato ontem em primeira mão (veja notas rápidas abaixo). A confusão continua na cidade. Hoje pela manhã o alvo foi a casa do secretário de Finanças, João Veloso. A população enfurecida está em frente à residência exigindo o pagamento imediato dos salários atrasados. Tutóia e o Maranhão viraram terra de ninguém. Enquanto isso, a secretária Eurídice Vidigal (Segurança) curte bons vinhos no Chile.

Mas a reportagem do JH não ficou por aí. Relembrou também protestos violentos em Barreirinhas, Benedito Leite e Penalva. Faltou recordar São Mateus, onde eleitores incendiaram o Fórum da cidade, e Zé Doca, que teve o hospital destruído e o carro do delegado incendidado pela população. É a maior prova do desgoverno Jackson lago. Abaixo a íntegra da matéria sobre o caos na segurança do Maranhão.

Revoltados com os atrasos nos salários, funcionários do município de Tutóia (MA) destruíram a casa do prefeito e a empresa do filho dele.Enfurecida, a multidão não poupou nada na casa do prefeito de Tutóia (MA). Enquanto alguns quebravam as janelas com porretes, outros arrebentavam o forro do teto com pedras. Um homem usou uma cadeira para destruir a cozinha.

Televisão e computadores foram jogados no chão. O sofá foi incendiado no meio da rua. Na confusão, dois rapazes decidiram brincar com o quadriciclo do prefeito, e outros três veículos foram destruídos. Sem se preocupar com a câmera, um grupo virou uma caminhonete novinha em folha. Um policial tentou impedir que os manifestantes entrassem na empresa do filho do prefeito, mas não conseguiu. Vários televisores de plasma foram roubados ou destruídos.

A multidão só se acalmou depois que 15 policiais militares chegaram à cidade, durante a noite de terça-feira. Na quarta, outros 20 PMs devem ser mandados para Tutóia, porque os manifestantes ameaçam invadir as casas de secretários e de assessores do prefeito, Zilmar Araújo Melo.

Protestos violentos

Nos últimos meses, vários municípios do Maranhão enfrentaram situações parecidas. Em Benedito Leite, no dia 5 de outubro, a população queimou o cartório eleitoral e várias urnas eletrônicas para protestar contra o cancelamento de mais de 700 títulos. Segundo a Justiça, até mortos votavam na cidade. O juiz eleitoral só conseguiu escapar porque foi resgatado pelo Exército.

Em Penalva (MA), dois dias depois da eleição, uma multidão cercou o fórum. A juíza e a promotora eleitoral fugiram da cidade num helicóptero da Polícia Militar. Em Barreirinhas (MA), na semana passada, o juiz Luiz Carlos Nunes Freire teve de dar posse ao prefeito que ele havia cassado. No dia da diplomação do segundo colocado, o juiz foi ameaçado de morte por dezenas de eleitores. “Diplomei para poder sair de lá, senão ia ser morto”, declarou ele, na ocasião.

O prefeito de Tutóia, Zilmar Araújo Melo, negou que os salários dos servidores estejam atrasados e disse que vai denunciar os manifestantes ao Ministério Público.

Tadeu Palácio não quer entregar faixa para Castelo

qua, 31/12/08
por Décio Sá |

tadeu-gargantilha.jpgO já quase ex-prefeito de São Luís, Tadeu Palácio (PDT), está tentando uma última armação política antes de deixar o cargo. Ele não quer passar a faixa para o prefeito eleito João Castelo (PSDB) no horário e local previstos. Tadeu pretende fazer a solenidade de transmissão de cargo junto com a posse do tucano às 11h na Câmara. Castelo programou receber a faixa às 17h em evento público em frente à sede da prefeitura, na Praça Pedro II.

Por trás da manobra palacista está a eleição da Câmara de Vereadores e o medo de ser hostilizado por castelistas – como ser vaiado, por exemplo. O ainda prefeito e o candidato derrotado Flávio Dino (PCdoB) estão “turbinando” a candidatura de Isaías Pereirinha (PSL) na Câmara para tentar impor a primeira derrota a Castelo. Assim, ele já começaria sua administração fragilizado.

Realizando a transmissão de cargo na Casa, em caso de vitória do atual presidente do Legislativo municipal, Tadeu sairia como grande vitorioso e devido ao fato do evento acontecer em local fechado não correria o risco de ser hostilizado. A assessoria de Castelo já percebeu a manobra palacista e confirma o evento para as 17h. Se o prefeito não for a faixa deve ser entregue por qualquer pessoa presente, de preferência do povo.

Quem assume e não assume dia 1º

ter, 30/12/08
por Décio Sá |

abnadab-leda.jpgMais um dia de vai-e-vem na Justiça Eleitoral. O juiz do TRE Nivaldo Guimarães, de plantão na Corte, determinou hoje que os ex-prefeitos Ilzemar Dutra, o Zemar (Santa Luzia), e Abnadab Leda (Urbano Santos/foto), devem tomar posse dia 1º. No entanto, negou recurso em favor de Venancinho (Bacabeira), Gildásio Ribeiro (Amarante) e Domício Gonçalves (Centro Novo). Nestas cidades, a exemplo de Joselândia, quem assume são os presidentes das Câmaras.

Em Mata Roma a juíza Eugênia Azevedo, de Chapadinha, determinou que quem deve assumir a prefeitura é a socialista Carmem Neto, mulher do deputado Paulo Neto (PSB). Em Barreirinhas, a situação é a mesma: o presidente da Câmara é quem deve tomar posse como prefeito. Em Caxias e Chapadinha os eleitos Humberto Coutinho (PDT) e Danúbia Carneiro (PR) devem ser empossados, apesar das conspirações dos adversários.

O blog só não conseguiu novas informações sobre a situação do prefeito eleito de Vila Nova dos Martírios, João Moreira Pinto (PR). Ele foi cassado no TSE e como teve 51,36% da votação o mais provável é a realização de novas eleições na cidade. Todas essas decisões são desta terça-feira. Muitos candidatos e seus adversários estão recorrendo ao TSE, em Brasília, para tentar reverter a situação. Tudo pode acontecer amanhã.

Em relação ao caso de Abnadab Leda (PTB), Nivaldo Guimarães explica na decisão que o registro de sua candidatura foi indeferido em primeira instância, por ele ter contas rejeitadas no TCE, e deferido no TRE. Posteriormente, o TSE determinou o retorno do processo para que o tribunal maranhense defina sobre a sanabilidade ou insanabilidade dos vícios apontados na prestação de contas. “Como se vê, o TSE não anulou a decisão regional, mas apenas determina a providência supracidade (sanabilidade ou insanabilidade), de modo que o requerente continua com o registro deferido”, afirma o juiz.

zemar1.jpgSobre Santa Luzia, ele anulou a decisão do colega Luiz Gonzaga que havia determinado a posse do presidente da Câmara de Vereadores. “No referido caso, o primeiro colocado nas eleições  Márcio Rodrigues (atualmente com registro indeferido) obteve 46,98% dos votos válidos, enquanto o impetrante alcançou a segunda colocação com 38,37%. Com efeito, poderá a Junta Eleitoral proclamar o resultado das eleições, uma vez que o candidato com registro indeferido não alcançou mais de 50% dos votos válidos. Por outro lado, caberá a Junta Eleitoral declarar eleito o candidato que, com registro deferido, tenha obtido o maior número de votos. Assim, defiro a liminar para suspender a decisão impetrada confirmando a diplomação de Ilzemar Dutra (foto) e determinando sua posse”, assegura na sentença.

Duas notas rápidas

ter, 30/12/08
por Décio Sá |

Helena Duailibe aniversaria
Atenção bajuladores de plantão. A vice-prefeita Helena Duailibe (PSB) completou hoje 50 anos. Ela passou  a tarde numa missa em São José de Ribamar. No último dia 22 nasceu João Lucas, primeiro neto da socialista e do agora vovô Afonso Manoel. Os pais são Rosalina, filha do casal, e seu marido Arthur.

Morre vice em Pindaré
Morreu agora há pouco no Hospital Municipal Tomás Martins, em Santa Inês, vítima de ataque cardíaco fulminante, o atual vereador e vice-prefeito eleito de Pindaré-Mirim, Arimatéia. O corpo ainda se encontra no hospital e estará sendo removido para Pindaré onde será velado na Câmara dos Vereadores.

Filho de Grachal é detido com R$ 20 mil em espécie

ter, 30/12/08
por Décio Sá |

O filho do prefeito de Mata Roma, Lauro Pereira Albuquerque, o Grachal (PDT), o vereador Bezaliel Feitas Albuquerque, foi detido por volta das 14h no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Pedrinhas com R$ 20 mil em espécie. O dinheiro foi encontrado dentro da bolsa do vereador que conduzia uma L-200. A Polícia Federal orientou os policiais rodoviários a registrarem a ocorrência e liberarem o filho do prefeito. Uma investigação está sendo conduzida em sigilo.

A PRF recebeu denúncia de que Bezaliel estaria transportando R$ 120 mil sacados do Banco do Brasil em Chapadinha. Durante o depoimento, ele disse que o dinheiro serviria para pagar advogados que atuam na defesa do pai. Grachal foi cassado até no TSE mas tenta tomar posse dia primeiro.

Hoje pela manhã o prefeito, aliado de Aderson Lago (Casa Civil), foi visto na agência do Banco do Brasil na Praia Grande com vários talões de cheque na mão. Provavelmente teria ido sacar a última parcela do Fundo de Participação do Município.

TRE manda Zemar assumir em Santa Luzia

Nova “rerereviravolta” em Santa Luzia. O juiz do TRE Nivaldo Guimarães determinou hoje que o ex-prefeito Ilzemar Dutra, o Zemar (PPS), é quem deve tomar posse dia 1º como prefeito da cidade. O juiz também do TRE Luiz Gonzaga havia determinado a ascensão ao cargo do presidente da Câmara. Daqui a pouco detalhes da decisão.

Notas rápidas

ter, 30/12/08
por Décio Sá |

Confusão em Tutóia
Funcionários das áreas de saúde e educação invadiram e saquearam hoje pela manhã a casa do prefeito de Tutóia, Zilmar Melo, revoltados com quatro meses de salários atrasados. Os carros encontrados estacionados na residência foram revirados e agora os manifestantes caçam o prefeito e seus secretários pela cidade. A prefeitura havia anunciado o pagamento para hoje.

Protesto em Vargem Grande
Em Vargem Grande o mesmo problema. Servidores municipais com salários atrasados estão na porta do Banco do Brasil. Eles interditarem as ruas próximas ao prédio ateando fogo em pneus. O promotor Benedito Coroba conseguiu bloquear os repasses federais para o município com objetivo de quitar a dívida com os funcionários, mas a prefeita não reeleita Maria Aparecida (PSDB) não enviou a folha de pagamento ao banco. Há 12 anos, quando assumiu o município pela primeira vez, ela também deixou o cargo devendo os barnabés.

Na boca do caixa
As agências do Banco do Brasil em todo estado amanhaceram abarrotadas … de prefeitos. É o dia do pagamento da última parcela do FPM. Pela manhã foram vistos na agência da Praia Grande, em São Luís, com vários talões de cheque nas mãos, Oséas Machado, o Negão (Alto Alegre do Pindaré), Gabriel Cuba (Cedral) e Lauro Pereira Albuquerque, o Grachal (Mata Roma). Os dois primeiros não se reelegeram e Grachal (PDT), cassado pela Justiça Eleitoral, continua manejando recursos para permanecer no cargo. Os clientes do banco reclamaram porque os gerentes deixaram de atendês-lo para priorizar os quase ex-prefeitos.

Eu tenho a força
Assessor do prefeito de Mata Roma Antonio Isabel, o Zabelim, garantia ontem pelos corredores do TRE que Grachal vai tomar posse dia 1º com ou sem diploma. Diante do deputado Paulo Neto, que luta na justiça para empossar a mulher Carmem Neto (ambos do PSB), afirmou: “ele assume e depois recebe o diploma”. Para quem não lembra Zabelim foi um dos assessores que junto com o pedetista tiveram de ir às pressas ao Conjunto Nacional, shopping popular de Brasília, comprar ternos para poder assistir a sessão do TSE. Ele nega. Ontem os advogados do prefeito ajuizaram recurso no TRE tentando obrigar a juíza de Chapadinha, Eugênia Azevedo, a rediplomar Grachal. O primeiro documento foi entregue ao pedetista e cassado meia hora depois pela própria magistrada.

Tensão no Natal
Um promotor da capital passou por momentos de pânico no Natal. Foi passar as festas com a família numa casa na Litorânea à espera de alguns amigos vindos de São Paulo. Os amigos desembarcaram no aeroporto e seguiram direto para o local numa van. Ao abrir o portão aos convidados, um grupo de bandidos fortemente armados aproveitou para entrar na residência. Começava o pavor. O promotor, familiares e amigos foram submetidos a todo tipo de humilhação com armas apontadas para o grupo. Os ladrões levaram dinheiro, jóias e pertences das vítimas.

Aumento de salário
Vocês lembram do post “Os grandes interesses por trás da Secomzinha” (reveja aqui). Pois bem, o secretário Zeca Pinheiro (Comunicação) ficou tão chateado ao saber que a pupila Viviane Leite viraria adjunta Edwin Jinkings que deu um aumento à assessora  para que ela permanecesse na Secom estadual. Quem está morrendo de inveja é a também adjunta Elizabeth Araújo (ex-Macedo). Pelo menos até março Viviane tem emprego garantido no governo. E depois esse pessoal ainda fala mal de mim. Se não fosse o blog esse aumento jamais sairia.

Primeira vítima
Servidores contratados da Câmara de Vereadores São Luís estão invadindo programas de rádio para denunciar que até agora não receberam o mês de dezembro. Também pudera. Tem vereador com cem mil motivos a mais para deixar os barnabés à míngua.

Melhor ser vereador
Em pelo menos cinco cidades do Maranhão é o presidente da Câmara quem vai tomar posse na prefeiura dia 1º: Joselândia, Amarante, Barreirinhas, Santa Luzia e Bacabeira. Pelo jeito é melhor ser eleito vereador que prefeito.

Nicolalau será vigiado por tornozeleira eletrônica

ter, 30/12/08
por Décio Sá |

Por Lilian Cristofoletti (da Folha de S. Paulo)

nicolalau.jpgSão Paulo – O juiz aposentado Nicolau dos Santos Neto, 80, que está preso há oito anos pelo desvio de R$ 324,1 milhões da construção do Fórum Trabalhista de São Paulo, deverá estrear em 2009 a tornozeleira eletrônica com sistema GPS, que permite o monitoramento dos passos dele, via satélite, pela Polícia Federal.

Hoje, Nicolau, sentenciado a 26,5 anos de prisão, cumpre pena em regime fechado em sua residência, no bairro do Morumbi, em São Paulo. Obteve o direito por ter idade avançada. Sob vigilância de agentes da PF 24 horas por dia, só pode deixar a casa se apresentar problemas de saúde ou para a realização de exames médicos.

Com o uso de tornozeleira, o emprego de agentes seria suspenso ou reduzido (são cinco ou seis policiais por mês, em média) e a permanência de Nicolau na residência seria monitorada por satélite. As tornozeleiras colocariam fim também a uma lista de reclamações do Ministério Público Federal, que vê falhas na custódia de Nicolau pela PF.

Em ofício enviado à Justiça, o procurador da República Roberto Antonio Dassiê Diana, do Ministério Público Federal em São Paulo, informou que não é raro não encontrar agentes na casa do juiz aposentado. Disse que chegou a solicitar a oficiais de Justiça que fossem à casa de Nicolau para constatar a presença dos agentes. Descobriu que não havia vigilância em nenhuma das cinco visitas efetuadas num mesmo mês. No mês passado, a reportagem foi quatro vezes à residência de Nicolau, sempre em horários diferentes. Também não havia agentes no local.

Ainda no ofício, Diana questionou a PF sobre uma queda sofrida pelo juiz, em 2005, que provocou um ferimento cortante na perna. Nicolau foi atendido por um médico particular, que lhe deu 18 pontos.O procurador informou estranhar o fato de o episódio não ter sido informado pela PF, que tem o compromisso de apresentar relatórios freqüentes sobre o juiz. Perguntou onde estavam os policiais e o motivo de não terem levado Nicolau para uma emergência.Sem respostas, a Procuradoria abriu um procedimento de controle externo da atividade policial para apurar eventuais irregularidades na custódia.

Por outro lado, os policiais reclamam que o fato de serem obrigados a ficar parados em frente à residência de Nicolau os torna alvos fáceis para criminosos. Dizem ainda que não querem servir de seguranças particulares para o juiz. O uso da tornozeleira foi solicitado por Nicolau por meio de advogados. A Procuradoria tende a concordar com o pedido. Cada Estado tem autonomia para abrir uma licitação para adquirir equipamentos que custam, em média, R$ 600 mensais por preso. A proposta ainda está em estudo pela PF paulista. O objetivo é reduzir o número de agentes que fazem custódia em prisão domiciliar.

O sistema consegue mapear a movimentação do preso, com alertas quando há transgressão de regras comportamentais definidas pela autoridade judiciária. O sistema tem GPS e celular para transmitir os dados. Caso o preso resolva cortá-la, o alarme é acionado na central, que informa onde a pessoa está.



Formulário de Busca


2000-2014 globo.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade