Formulário de Busca

Justiça proíbe jornal de divulgar dados sigilosos de processo envolvendo empresário Fernando Sarney

sex, 31/07/09
por Décio Sá |

dacio-vieira.jpgBrasília – O desembargador Dácio Vieira (foto), do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, proibiu nesta sexta-feira (31) o jornal “Estado de S. Paulo” de publicar qualquer informação, que esteja sob segredo de justiça, referente ao inquérito da Operação Faktor, que investiga Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB). O jornal informou que vai recorrer da decisão.

A determinação, concedida em caráter liminar, estipula multa de R$ 150 mil para cada reportagem publicada pelo matutino que descumpra a decisão. Para evitar “lesão grave e de difícil reparação” a Fernando Sarney, o desembargador determina que o jornal “se abstenha quanto à utilização (de qualquer forma, direta ou indireta) ou publicação dos dados relativos ao agravante (Fernando Sarney)”.
 
Vieira atendeu ao pedido formulado pelos advogados do filho do presidente do Senado. Os defensores argumentam que o vazamento de informações sigilosas do inquérito pode “causar prejuízo incalculável à honra” de Fernando Sarney.

Os advogados do empresário afirmam que o Grupo Estado praticou crime ao publicar trechos das conversas telefônicas gravadas na operação com autorização judicial e alegaram que a divulgação de dados das investigações fere a honra da família Sarney.

 “Uma enxurrada de diálogos íntimos, travados entre membros da família, veio à tona da forma como a reportagem bem entendeu e quis. A partir daí, em se tratando de família da mais alta notoriedade, nem é preciso muito esforço para entender que os demais meios de comunicação deram especial atenção ao assunto, ‘leiloando’ a honra, a intimidade, a privacidade, enfim, aviltando o direito de personalidade de toda a família Sarney”, argumentaram os advogados que assinam a ação – Marcelo Leal de Lima Oliveira, Benedito Cerezzo Pereira Filho e Janaína Castro de Carvalho Kalume, todos do escritório de Eduardo Ferrão.

Operação Faktor

No dia 22 de julho, na reportagem “Gravação liga Sarney a atos secretos”, o Estadão revelou o teor de diálogos gravados durante a Operação Faktor, da Polícia Federal. As gravações mostram o empresário Fernando Sarney conversando com o pai sobre a nomeação de um suposto namorado de sua filha no Senado. Na sequência de sete diálogos, além do filho de Sarney e do próprio presidente do Senado, também aparecem a neta e o neto de Sarney.

A Operação Faktor investiga as atividades empresariais de Fernando Sarney. Foi a partir do monitoramento das ligações telefônicas do empresário que os agentes gravaram as conversas com o presidente do Senado.

(Com informações G1 e do Estadão).

Prefeita é flagrada por paparazzi na praia

sex, 31/07/09
por Décio Sá |

A prefeita de Presidente Dutra, Irene Soares (PRB), é apelidada pelos adversários na cidade de “31″. Segundo a oposição, o apelido decorre do fato dela supostamente passar 30 dias em São Luís e apenas um na cidade. Na última terça-feira à noite a prefeita voltou a  fazer jus ao apelido. Estava acompanhada do “amigo” Carlos Fialho, com quem trocava carícias, na barraca da Marcela, na avenida Litorânea em São Luís. As fotos são de uma paparazzi e foram tiradas de um aparelho celular.

irene-soares-na-praia-1.jpg

irene-soares-na-praia-2.jpg

irene-soares-na-praia-3.jpg

Apenas 15 minutos de fama: o vídeo

sex, 31/07/09
por Décio Sá |

As imagens abaixo são do repórter Hudson Corrêa, da Folha de S. Paulo, manuseando dentro da Promotoria das Fundações, cuja titular é a promotora Sandra Elouf, o processo referente às prestações de contas da Fundação José Sarney. Conforme informado no post “Apenas 15 minutos de fama”, o caso constituiu-se em privilégio que repórteres locais não tiveram.

Roseana recebe no Calhau deputado Ribamar Alves e prefeitos do PT, PDT e PSDB

sex, 31/07/09
por Décio Sá |
categoria Política local

roseanaprefeitos-300709.jpgA governadora Roseana Sarney recebeu prefeitos, vice-prefeitos, deputados e vereadores, nesta quinta-feira (30), em sua residência, no Calhau. Os políticos, de diversos partidos, se reuniram com a governadora para pedir apoio e solicitar providências urgentes para os municípios.

lista dos deputados recebidos, estão Ribamar Alves (PSB/foto abaixo), Washington Luís (PT), Pedro Novaes (PMDB) e Clóvis Fecury (DEM). Entre os prefeitos, compareceram os de Coroatá, Luís da Amovelar (PDT); de Esperantinópolis, Mário Jorge (PDT); de Barreirinhas, Miltinho Dias (PT); de Sucupira do Riachão, Juvenal Leite (PMDB); de Rosário, Marconi Bimba (PRP); e de Codó, Zito Rolim (PV).

Também foram recebidos os prefeitos de Formosa da Serra Negra, Dr. Enésio (PSDB);  São Pedro dos Crentes, Luisa Coutinho (PSDB); Itaipava do Grajaú, José Maria (PMN); Governador Nunes Freire, Indalécio (PT); Itapecuru, Júnior Marreca (PR); Icatu, Juarez Lima (PDT); Miranda, Júnior Lourenço (PTB); Peritoró, Agamenon Milhomem (PDT); Zé Doca, Raimundo Sampaio (PSC). Washington surpreendeu ao levar ao encontro prefeitos do PT, PSDB e do PDT

Luís da Amovelar pediu apoio para a liberação de recursos de convênios firmados no governo anterior e que ficaram inviabilizados. “A resposta foi satisfatória e, para nós, foi um prazer saber que a governadora está aberta para as nossas solicitações. Queremos é fazer alianças, com trabalho a partir das bases”, disse o pedetista, acrescentando que, além dos convênios, tratou com a governadora de assuntos relativos à infraestrutura e à recuperação de praças e estradas do município.

Miltinho Dias revelou que foi pedir o apoio e firmar parcerias com o Governo do Estado, além de também solicitar providências na área de infraestrutura. “A governadora conhece bem Barreirinhas e é importante lembrar que foi ela quem construiu a estrada que dá acesso à cidade, fato que trouxe muitas vantagens do ponto de vista turístico. A nossa intenção é nos aproximar do governo”, frisou o prefeito.

ribamaralves-300709.jpgO petista disse ainda que o encontro com a governadora Sarney foi produtivo, uma vez que, a partir dele, o caminho estará mais aberto para as discussões relativas a possibilidades de alianças entre membros do PT e o Governo do Estado.

Marconi Bimba, de Rosário, conversou com Roseana Sarney sobre a situação atual do município. “A partir de outubro, a governadora começará a fazer parcerias conosco, principalmente para resolvermos problemas na área de infraestrutura, pois, para se ter um exemplo, as nossas estradas vicinais estão caóticas”, revelou Bimba.

(Com informações do Governo do Maranhão).

Balaios “derrubam” palco de Roseana

sex, 31/07/09
por Décio Sá |
categoria Política local

balaios-queda.JPGA governadora Roseana Sarney (PMDB) passou por um grande susto agora há pouco durante o lançamento do programa Viva Infraestrutura, que prevê  recuperação e construção de mais de 1.500 km de estradas maranhenses até dezembro de 2010.

A solenidade havia terminado quando repórteres subiram ao palco para entrevistá-la. Por trás de Roseana estavam posicionados vários políticos como o deputado Washington Luiz Oliveira (PT) e a prefeita de Paço do Lumiar, Bina Venâncio (PDT).

Roseana respondia aos jornalistas quando a parte de trás do palco cedeu indo ao chão. Ela nada sofreu, apenas o susto. Os políticos caíram em pé. A governadora continuou a entrevista normalmente.

Em tom de gozação, os presentes começaram a comentar que a peça de madeira cedeu devido o excesso e maus fluídos dos “balaios” no evento.

Folha: empresário diz que Roberto autorizou negociação de sua cota de passagens na Câmara

sex, 31/07/09
por Décio Sá |

Por Fábio Zanini e Maria Clara Cabral (Folha de S. Paulo)

A comissão de sindicância da Câmara que investigou a farra das passagens aéreas encontrou indícios de venda de bilhetes da cota parlamentar do deputado federal Sérgio Moraes (PTB-RS) por dois servidores da Casa. Moraes ficou famoso por ter dito que “se lixa para a opinião pública”.

robertorocha-310709.jpgTrecho de sete páginas do relatório final, obtido pela Folha, mostra ainda que o empresário Vagdar Fortunato Ferreira, apontado como cabeça do esquema, disse ter um crachá que lhe dava acesso livre à Câmara, fornecido pelo deputado federal Roberto Rocha (PSDB-MA).

Em depoimento à comissão, Ferreira afirmou também que tinha autorização de Rocha (foto) para operar sua cota de passagens. Procurado pela reportagem, o empresário reconheceu ontem que tinha essa liberdade em diversos gabinetes.”Que tem um crachá de autorizado emitido a pedido do deputado Roberto Rocha; que tem autorização para movimentar a cota do deputado pelo sistema Smart Business da TAM e pelo sistema de conta corrente da Gol”, diz a reprodução de seu depoimento.

Ferreira relatou anteontem à Folha que vendia para agências de turismo créditos de passagens aéreas não utilizadas por deputados, com ajuda de servidores de gabinetes e muitas vezes com conhecimento dos parlamentares.A comissão aponta contradição do agenciador ao afirmar que fazia “permuta” de créditos dos parlamentares com passagens supostamente fornecidas por sua agência de viagens de Brasília.

O relatório afirma que Ferreira primeiro negou, depois admitiu que comprou créditos de parlamentares (que ele não nomina). “Num primeiro momento, [Ferreira] alegou jamais ter realizado transações em dinheiro para a compra de MCOs [sigla que designa os créditos das cotas de parlamentares]. [...] Num segundo momento, admitiu expressamente.”

No caso de Sérgio Moraes, a comissão diz que identificou créditos de sua cota aérea para dois bilhetes agenciados por Ferreira, com o auxílio de dois servidores da Câmara, intermediadas pelos servidores Antônio Paulino Rodrigues Filho e Amilton Nunes da Silva.

“Verificou-se o nome do agenciador Vagdar Fortunato Ferreira em MCOs do parlamentar Sérgio Moraes, gerados a partir de requisições de passagens aéreas subscritas pelos dois últimos servidores citados.” O trecho obtido pela Folha não deixa claro se os servidores responsabilizam diretamente Moraes.

Presidente e ex-presidentes da OAB apontam crimes em vazamento de escuta e criticam Tarso Genro

sex, 31/07/09
por Décio Sá |

cezar-britto-300709.JPGO presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cezar Britto, e os ex-presidentes da entidade Reginaldo de Castro e Roberto Busatto condenaram ontem a atitude do ministro da Justiça, Tarso Genro, de defender o vazamento de gravações feitas pela Polícia Federal (PF) em investigação envolvendo familiares do presidente do Senado, José Sarney (PMDB).

A OAB ajuizou anteontem, no Supremo Tribunal Federal (STF), reclamação contra o ministro por conta principalmente de ele ter afirmado que advogados teriam vazado as escutas protegidas por segredo de justiça. Segundo Britto (foto/Handson Chagas), Castro e Busatto, é “improvável” que a defesa tenha tomado qualquer tipo de atitude para prejudicar o próprio cliente.

“Quebra de sigilo em processo é crime e é preciso que se apure esse crime. Não se pode justificar quebra de sigilo como algo normal ou se atribuir genericamente a uma categoria profissional. A melhor resposta é processar quem quebrou, seja ele quem for. Esse é o sentido da ação no STF. O ministro terá de explicar quem quebrou e por que quebrou. Não se pode deixar passar em branco crime como esse”, declarou Britto.

De acordo com ele, Tarso Genro “tem o dever de pedir a abertura de processo” sobre o caso. “Não se pode aceitar que o crime venceu. Se a preservação é dever da autoridade, quem quebra tem de ser investigado e responsabilizado. É improvável que advogados tenham vazado dados que venham a prejudicar seus clientes. A história tem mostrado que os vazamentos interessam muito mais ao investigador para procurar a condenação moral do investigado, que do advogado para condenar o cliente. Não tem lógica. Nós já conseguimos provar isso em vários processos, e acho que será o destino desse também”, completou.

Abusos

Reginaldo de Castro disse que Tarso Genro não pode abrir mão de sua autoridade e permitir o descumprimento da lei por subordinados. “A OAB agiu oportuna e justificadamente. Acredito que o ministro da Justiça, quando abre mão de sua autoridade para afirmar não poder, como deveria, conter os abusos da Polícia Federal, significa que ele não é digno do cargo”, afirmou.

Para o ex-presidente da Ordem, segredo de Justiça só não existe para aqueles que “se afeiçoaram aos regimes totalitários”. “Segredo de Justiça existe sim – está enganado o ministro – e é punido quem o violou em todos os níveis democráticos”, completou.

Roberto Busatto, por sua vez, disse ter tido um “desconforto muito grande” ao ouvir as declarações de Tarso Genro. “O ministro da Justiça deve seguir o ordenamento legal. O segredo de Justiça existe, está estabelecido mediante a legislação brasileira e tem de ser respeitado por todos nós. Isso envolve o direito do cidadão porque deve ser preservada sua intimidade até que os fatos sejam definitivamente julgados”.

Ele declarou ainda que Tarso Genro está na obrigação moral de apontar os nomes dos advogados que teriam vazado os grampos telefônicos. “É muito fácil colocar a culpa por um desvio profissional no advogado sem nominá-lo. Cabe ao ministro dizer quem são eles. Será que foi rotulado apenas o advogado ou o ministro esconde outro tipo de vazamento?”, questionou.

O presidente e os ex-presidentes da OAB estiveram ontem em São Luís, onde foram homenageados durante as comemorações dos 10 anos de construção do prédio-sede da entidade na capital.

 (O Estado do Maranhão).

Gilmar Mendes: PF “praticou com tranquilidade” vazamento de informações durante o governo Lula

qui, 30/07/09
por Décio Sá |

gilmarmendes-300709.jpgO presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Gilmar Mendes (foto), criticou nesta quinta-feira o vazamento de informações sigilosas de inquéritos da Polícia Federal. Segundo ele, a prática de vazamento vem sendo feita com tranquilidade no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, principalmente a emissoras de televisão.

“A Polícia Federal, durante todo o governo Lula, praticou com grande tranquilidade o vazamento. E eu acho até que é uma das marcas da gestão Paulo Lacerda [ex-diretor-geral da instituição] na Polícia Federal era o vazamento. Só que o vazamento era dado às emissoras de televisão”, afirmou o ministro, em São Paulo, após visita ao TJ (Tribunal de Justiça) paulista.

Mendes também tentou amenizar a declaração do ministro Tarso Genro (Justiça) sobre o vazamento de conversas telefônicas interceptadas pela Polícia Federal envolvendo a família do presidente do Senado, José Sarney (PMDB).

Em entrevista à Folha, o ministro disse que o vazamento “pode ser feito por advogados para desviar o foco ou para comprovar a inocência de seu cliente”. Segundo Mendes, Tarso tenha dito ou quis dizer que, antes da decisão do STF que liberou inquérito sigilosos a advogados, é “difícil garantir onde houve a quebra de sigilo”.

“É verdade que no modelo anterior –em que o inquérito era puramente sigiloso– havia vazamentos. Aí não se pode dizer que era culpa dos advogados pois os advogados não tinham acesso”, afirmou.

O presidente do STF disse que é contra o vazamento de informações sigilosas e defendeu um novo modelo de lei de interceptação telefônica. “Acho que realmente nós não podemos banalizar o grampo”, disse.

A PF ainda não se manifestou sobre a declaração do presidente do Supremo. A reportagem também procurou a assessoria de Tarso Genro mas ainda não obteve retorno.

(Folha Online).

Gisele Bünchen grávida em praia dos EUA

qui, 30/07/09
por Décio Sá |
categoria Variedades

gisele-gravida-300709.jpgNesta quinta-feira, 30, caiu na rede uma suposta foto de Gisele Bündchen desfilando sua barriguinha em uma praia nos Estados Unidos . A imagem, que teria sido feita no dia 20 de julho, é creditada à última edição da revista “People” e aparece com a seguinte legenda: “Esperando seu primeiro filho com o marido Tom Brady, Gisele Bündchen se alonga durante um passeio na praia.” Veja aqui o vídeo do making-of do ensaio sensual que alimenta a polêmica.

Outra evidência da gravidez da brasileira é o recente ensaio dela para a marca de roupas inglesa London Fog. Segundo o jornal “Daily Mail”, as fotos teriam sido alteradas no Photoshop para esconder a gravidez da modelo.

“Apesar de Gisele ter sido fotografada durante a gravidez, as imagens foram retocadas para respeitar sua privacidade nesse momento especial de sua vida”, declarou o porta-voz da marca Dari Marder. Ele ainda acrescentou: “Ninguém é mais bonita ou sexy que Gisele.”

Enquanto nenhuma novidade sobre a visita da cegonha é confirmada, os fãs da top internacional aguardam um pronunciamento oficial sobre as notícias que andam circulando pelo mundo.

gisele-gravida-300709b.jpg

Juventude do PMDB condena ataques a Sarney

qui, 30/07/09
por Décio Sá |

MANIFESTO DA JUVENTUDE DO PMDB DO MARANHÃO EM DEFESA DO PRESIDENTE DO SENADO, JOSÉ SARNEY:
 

pmdb-juventude.jpg“A Juventude do PMDB do Maranhão partido este que ocupa lugar de destaque na lutas em defesa da Democracia e do Estado de Direito neste país vêm a público se manifestar acerca da campanha criminosa realizada por setores do PSDB contra o Presidente do Senado José Sarney e repudia a maneira covarde como a mídia oportunista vem tratando o caso, como se o único responsável pelas supostas mazelas do Congresso fosse o Senador José Sarney.

O Presidente Sarney vem sofrendo uma campanha difamatória jamais vista em nossa história, arquitetada exclusivamente para tirar-lhe da Presidência do Senado e para impedir que o PMDB possa fazer aliança com o PT do Presidente Lula nas eleições de 2010, pois sabem os setores atrasados da oposição que a presença de Sarney dentro da atual conjuntura política, certamente poderá levar o partido a não caminhar com os tucanos nas próximas eleições.

Para atingir seus objetivos os algozes de Sarney se valem das formas mais ardilosas e covardes de ataques que vão desde denúncias infundadas até divulgação de escutas telefônicas feitas pela Polícia Federal de processos que deveriam correr sobre segredo de justiça e que são destorcidas por alguns setores da imprensa, que alugam seu espaço para prestarem um desserviço ao país.

Nós da juventude maranhense, mas do que nunca sabemos da importância e do papel político do Senador José Sarney para o Maranhão e, para o Brasil, e por isso queremos nesse momento manifestar a nossa irrestrita solidariedade ao político da Redemocratização do País; da Lei dos Grêmios Estudantis Livres;  da Anistia; da Liberdade de Expressão; das Eleições Gerais e Diretas, dentre tantos momentos importantes proporcionados por Sarney que marcaram a vida do povo brasileiro.

No que se refere ao Maranhão, quase tudo de progresso e desenvolvimento tem as digitais do Senador José Sarney, as estruturas centrais, como Portos, Aeroportos, Estradas, Pontes Rodovias, Ferrovias, Universidades dentre outras que hoje possibilitam a retomada do desenvolvimento do nosso Estado pela Governadora Roseana.

É por isso que, a grande maioria dos setores organizados da juventude do nosso Estado já se manifestou contra essa campanha covarde e sem tréguas que vem sofrendo o Presidente Sarney e sua família; são lideranças estudantis e juvenis, que já entenderam que essa campanha não passa de uma grande armação contra o povo do Maranhão, do Nordeste e do Brasil com vistas ás eleições presidenciais do ano que vem.

Aqui no maranhão essa campanha criminosa contra Sarney é reproduzida pelos chamados “balaios”, que não possuem moral nenhuma para atacar ninguém, pois, a maioria destes está sendo investigado ou já respondem processos por desvios de recursos públicos por ocasião de sua estada ilegal e desastrosa a frente do governo do Estado.

E como estão sem moral, mandam seus “meninos de recado”, que não tem história de luta e nem trabalho em prol da juventude do maranhão, e se escondem atrás de uma sigla partidária maranhense, que possuiu até Secretários de Estado no desgoverno anterior que, inclusive já foi até indiciado pela polícia, e responde, entre outros crimes, por formação de quadrilha, e se prestam agora para atacar a juventude do maranhão e suas entidades.

Essa turma não tem moral para atacar ninguém e muito menos o Presidente Sarney.  

Portanto fica aqui, o nosso reconhecimento e, agradecimento à juventude dos mais variados setores, e entidades estudantis do Maranhão pela defesa pública do Presidente José Sarney, por toda a sua história, por sua biografia e por entender que não poderá ser ele o responsável por toda essa crise midiática e pelo orgulho que temos em tê-lo como um dos quadros do nosso partido.

Viva a juventude maranhense que agora poderá voltar a sonhar com dias melhores.

São Luís, 30 de julho, de 2009

Carlos Rafael Neves Pereira
Juventude Estadual do PMDB do Maranhão
José  de Ribamar Figueiredo Barros
Juventude Municipal do PMDB de São Luis
Frank Oliveira da Silva
Juventude Municipal do PMDB de Bacabal”.



Formulário de Busca


2000-2014 globo.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade