Formulário de Busca

Edilázio Jr. no PV: a ciumeira vai aumentar

qua, 30/09/09
por Décio Sá |
categoria Política local

Victor, Sarney Filho e Edilázio após assinar ficha no PV

Victor, Sarney Filho e Edilázio após assinar sua ficha no PV

Promessa a revelação nas Eleições 2010, o jovem advogado Edilázio Jr. vai mesmo tentar a carreira política. Semana passada assinou sua ficha de filiação no PV em evento do qual participaram o deputado Sarney Filho e o presidente da legenda no Maranhão, deputado estadual Victor Mendes.

Desde abril, a pretensa candidatura de Edilázio vem provocando comentários no grupo político comandado pela governadora Roseana Sarney (PMDB). A maioria de deputados e candidatos a uma vaga na Assembleia enciumados e receosos de serem atropelados nas urnas pela jovem promessa.  Do alto de sua experiência, Sarney Filho resolveu bancar a aposta.

Neófito na política, Edilzázio vem se movimentando muito nos bastidores. Já teria o apoio de pelo menos 12 prefeitos para tentar virar deputado estadual. Daí o temor dos mais antigos. Tem algumas características que se exige do candidato a político: é humilde, inteligente, articulado e centrado em seu projeto. Mais: se identificou com a causa do PV.

Ele vai ser apresentado oficialmente aos eleitores nesta quinta-feira, em evento comandado por Sarney Filho na Assembleia, quando serão anunciados os novos filiados do partido.

Só o tempo e as urnas dirão se as previsões otimistas serão confirmadas, ou se o projeto Edilázio resultará num grande fiasco.

Vocalista do Forró Sacode é operada e passa bem

qua, 30/09/09
por Décio Sá |
categoria Cidades

Do imirante.com

A vocalista da banda Forró Sacode, Daniele Rodrigues, 22 anos, foi operada no início da noite desta quarta-feira no UDI Hospital, em São Luís, de uma fratura exposta na perna. Ela passa bem. Após a intervenção cirúrgica, foi levada para um quarto. A cantora foi uma das vítimas do acidente com o ônibus da banda, ocorrido na madrugada desta quarta-feira (30), próximo ao povoado de São José dos Costas, na área do município de São Benedito do Rio Preto (215 km de São Luís), onde tinha feito um show na noite de ontem, terça-feira (29).

Ônibus do Farró Sacode capotou em área de S. Benedito do Rio Preto

Ônibus do Farró Sacode capotou em área de São Benedito do Rio Preto

Trinta pessoas estavam no veículo e 14 ficaram feridas. O acidente ocorreu na “curva do Tibiriçá”, conhecida pelos moradores da região pelos constantes acidentes. A Polícia Rodoviária Federal acredita que o motorista tenha dormido ao volante.

De acordo com o empresário da banda Forró Sacode, Júlio Morais, os feridos foram levados para o Hospital Antônio Pontes Aguiar, em Chapadinha e já foram liberados. O vocalista Tony Guerra não estava viajando no ônibus. Ele havia seguido de carro para São Luís, com objetivo de voltar para Fortaleza de avião.

Agenda

Júlio Morais disse ao Imirante que o show marcado para hoje, na Expoece, em Fortaleza (CE), não será realizado, bem como o show na cidade de Sobral (CE). “Infelizmente não poderemos cumprir com esses shows por causa do acidente. Tentaremos retomar a agenda no fim de semana, de acordo com o estado de saúde dos integrantes. Mas remarcaremos os shows para cumprir com o compromisso”, adiantou o empresário.

Veja a matéria da TV Mirante.

Nota: Texto alterado às 21h50 para acréscimo de informações.

STF adia decisão que suspendeu cassações no TSE

qua, 30/09/09
por Décio Sá |

Eros Grau e Ayres Britto na sessão

Eros Grau e Ayres Britto no STF

Brasília – O Supremo Tribunal Federal (STF) adiou para esta quinta-feira (1º) a decisão sobre se mantém a liminar que suspendeu julgamentos de pedidos de cassação de mandato que tramitam no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A liminar concedida pelo ministro Eros Grau no último dia 14 impede o julgamento de processos protocolados diretamente no TSE que não tenham passado pelos tribunais regionais eleitorais (TREs). A medida atinge pedidos de cassação contra governadores, senadores e deputados federais.

Antes do encerramento da sessão desta quinta-feira (30), Eros Grau votou pela manutenção de sua decisão inicial. Já Joaquim Barbosa sugeriu a revogação da liminar, enquanto o ministro Carlos Ayres Britto defendeu que a ação – protocolada por cinco partidos que questionam a competência do TSE para julgar casos originário – não caberia para o caso. Assim, sugeriu o arquivamento do processo.

Histórico 

De acordo com a assessoria de imprensa do TSE, a liminar suspende o julgamento dos processos de cassação dos governadores Marcelo Déda (PT), de Sergipe, e Roseana Sarney (PMDB), do Maranhão, que herdou o cargo após a cassação de Jackson Lago, mas já é alvo de processos por suspeita de fraude eleitoral. Leia mais aqui.

Jornalista denuncia Coutinho e marqueteiro de Dino

qua, 30/09/09
por Décio Sá |

Uma das notas fiscais supostamente inidônea

Nota fiscal supostamente inidônea apresentada na denúncia ao MP

O jornalista Cláudio Sabá, proprietário da Folha dos Cocais, ajuizou sexta-feira passada no Ministério Público de Caxias denúncia contra o prefeito Humberto Coutinho (PDT) e o empresário Carlos Alberto Ferreria, dono da conta de publicidade do município e marqueteiro do próprio pedetista e do deputado Flávio Dino (PCdoB).

A denúncia refere-se a informações já postadas neste blog dando conta que o empresário, dono da Estação Gráfica e Estação Produções, teria superestimado serviços à prefeitura e fornecido notas fiscais inidôneas para comprovação do trabalho.

“A prova dos fatos ora alegados está  representada pela nota fiscal nº 3290, no valor de R$ 76 mil, pela nota fiscal nº 3291, no valor de R$ 88,2 mil, e pela nota fiscal nº 3292, no valor de 102,7 mil, totalizando a estratosférica quantia de R$ 266,9 mil, todas elas emitidas e pagas em um único mês, qual seja, abril de 2009. Tais notas fiscais, emitidas pela Estação Produções Ltda, de propriedade do segundo representado (Carlos Alberto), foram expedidas para justificar pagamentos, ordenados pelo primeiro representado (Humberto Coutinho), de pretensos serviços de campanhas de publicidade de programas públicos. O problema é que as tais campanhas de publicidade nunca foram realizadas”, diz o jornalista na representação (leia a íntegra).

Essas notas referem-se a instalação de 135 outdoors e confecção milhares de impressos para as campanhas do Dia das Mães, da dengue e na área de educação em Caxias. 

De acordo com a representaçâo, além da cobrança por campanhas inexistentes, as notas fiscais da empresa de Carlos Alberto “possuem fortes indícios de superfaturamento, pois os preços cobrados pela confecção de outdoors estão mais de 300% acima do valor de mercado cobrado pelas empresas da cidade. Existe, portanto, a forte suspeita de que, além de serem notas fiscais frias, sejam também as mesmas superfaturadas, o que representa uma cadeia de irregularidades e fraudes, que lesaram os cofres públicos do município de Caxias”.

Sabá afirma que quando da emissão das notas fiscais a sede da Estação Produções funcionava de fachada na Rua 22, nº 10, Quadra 23, no Maiobão, em Paço do Lumiar. “Visitando a tal sede, o representado encontrou uma simples residência. Os vizinhos da suposta sede da empresa disseram que no local nunca funcionou a empresa Estação Produções. O proprietário da residência constante do endereço declinado nas notas fiscais também afirmou que ali nunca funcionou empresa alguma, e que no local sempre funcionou uma residência”, assegura. 

Por conta disso, pede a suspensão dos pagamentos da Prefeitura de Caxias às empresas de Carlos Alberto, investigação de todos os contratos feitos entre o município e essas firmas nos últimos 5 anos, e a condenação dos acusados pelas supostos crimes e abertura de procedimento visando apurar “possíveis irregularidades, ilícitos penais, atos de improbidade, crimes de responsabilidade e infrações”.

Outro lado

Em esclarecimento prestado ao blog mês passado, Carlos Alberto explicou que Sabá age por interesses contrariados. “A prefeitura retirou um patrocínio do jornal e ele pensa que fui eu. Não tive nada a ver com isso”, assegurou. Ele admitiu que a firma teve por alguns meses como endereço o município de Paço do Lumiar (foto).

“Tive um problema com a Prefeitura de São Luís que nos atuou em R$ 80 mil reclamando do pagamento de ISS. Há jurisprudência do STJ dizendo que o imposto é pago no município de destino do serviço e não na origem. Por causa disso, transferimos a sede da empresa. Pouco tempo depois a prefeitura reviu seu posicionamento e voltamos para o antigo endereço. Ele aproveitou esse momento para montar essas denúncias”, assinalou.

O empresário garante ter prestado todos os serviços à administração Humberto Coutinho e dado as explicações devidas ao Ministério Público (leia mais aqui).

Notícias da Tarde

qua, 30/09/09
por Décio Sá |
| tags , , ,

Saíram mesmo
Os deputados Afonso Manoel e José Lima já se desfiliaram do PSB. Afonso se filia nas próximas horas ao PMDB e Lima no PV. Os dois afirmam que mesmo que o partido tente tomar seus mandatos na justiça concorrerão à reeleição com grande chance de retornar à Assembleia. A mulher de Afonso, a vice-prefeita Helena Duailibe (São Luís), não vai deixar o PSB. Já Paulo Neto está naquela de sai-não-sai.

Pressão contra Tema
A situação do ex-prefeito Cleomar Tema (PSB) continua a mesma. Ele está com um pé no PV. O socialista vive um dilema porque é pressionado pelo prefeito de Tuntum, Chico Cunha (PSDB), seu primo, para se alinhar ao governo Roseana Sarney (PMDB), enquanto José Reinaldo fica chantageando no sentido contrário. Tema justifica sua possível saída do PSB dizendo que está havendo muitas brigas no grupo de oposição ao governo.

Bola cheia
Quem anda com a bola cheia no Palácio do Planalto é o secretário Chiquinho Escórcio (Brasília). Na posse do novo coordenador político da Presidência, o ex cara-pintada Alexandre Padilha, o secretário foi surprendido com uma declaração do ministo: “Chiquinho, preciso da sua ajuda e da sua experiência”, disse Padilha no momento dos cumprimentos. Eles (foto) foram colegas de trabalho no Planalto.

Protesto
O petista Márcio Jardim está em Brasília onde hoje à tarde pretende reunir uma turma de balaios para um protesto em frente ao STF. “Sou um balaio resistente”, diz ele. O Supremo deve analisar a liminar do ministro Eros Graus que suspendeu a cassação de políticos no TSE.

Sem esperanaça
Durante a filiação ontem do deputado Rubens Júnior (ex-PRTB) e Cleide Coutinho (ex-PSDB) no PCdoB e PSB, respectivamente, o ex-governador José Reinaldo (PSB) deixou claro que não acreditava na volta de Jackson Lago (PDT) ao governo pela via judicial.

Boicote
A direção do PSB boicotou a posse de Cleide Coutinho no partido. Quase ninguém compareceu. O presidente José Antonio Almeida também não foi. Se desculpou dizendo que estava acompanhando um processo em Brasília.

Beliscão
Continua rendendo a passagem das estrelas do pornô Júlia Paes, Sabrina Boing Boing e Carol Miranda por São Luís semana passada. Elas deixaram a capital no voo de domingo para São Paulo passando por Brasília. Ao embarcarem no Aeroporto Cunha Machado, em trages insinuantes, chamaram a atenção de quase todos passageiros. Teve até um empresário do ramo automobilístico (não foi Alessandro Martins) que pegou um beliscão da mulher de quase quebrar o pescoço de tanto olhar para as moças.

Repercussão
Está provocando tremenda repercussão na Região Tocantina o post sobre a pesquisa sobre a popularidade dos políticos de Imperatriz, divulgada em primeira mão pelo blog. Nem mesmo assessores do prefeito Sebastião Madeira (PSDB), que encomendou o levantamento, sabiam dos números.

Sarney tenta evitar CPI do MST

qua, 30/09/09
por Décio Sá |

"esse cerco de denúncias tem que ser melhor apurado"

Chagas: esse cerco de denúncias tem que ser melhor apurado

Brasília – O presidente do Senado, José Sarney (PMDB) é o mais novo aliado político do Movimento Sem Terra (MST), contra a instalação da CPI mista já protocolada, que a oposição tenta instalar na Câmara e Senado. Depois de fazer um discurso inflamado no plenário semana passada contra a demonização do MST, ontem Sarney participou de um ato preparado no gabinete da Presidência pela frente parlamentar da Terra, com representantes dos sem-terra, parlamentares do PT e PSOL, e até o presidente da UNE Augusto Chagas.

No encontro, Sarney disse que está sendo pressionado pelos autores do requerimento da CPI que vai investigar repasses ilegais de recursos para o MST, mas não disse quando vai ler o requerimento em plenário. Enquanto ele não fizer a leitura do requerimento, os líderes não podem indicar os representantes para que a CPI possa ser instalada. Como Sarney já mostrou ser contra a CPI e tem uma enorme dívida com o governo pelo apoio contra sua cassação, a CPI pode ser engavetada.

- Sou contra a criminalização do movimento sem terra e apoio a construção de uma proposta que represente o aumento de recursos para implementação de uma meta ousada de assentamentos no campo. Os propositores da CPI me pedem para fazer a leitura do requerimento em plenário, mas não disse quando vou fazer isso – teria dito Sarney aos defensores do MST, segundo relato do senador José Nery (PSOL-PA).

Autor da representação que pediu a investigação de Sarney no Conselho de Ética, Nery disse que não ficou desconfortável ao participar do ato na Presidência e de pedir o apoio de Sarney ao MST.

- Não foi desconfortável, porque tenho que ter a clareza que apesar de nossas divergências, o Sarney é o presidente da instituição. Não vejo problema em ir lá e dizer que estamos juntos ao lado dos trabalhadores rurais – disse Nery.
 
E não foi só o senador do PSOL que foi “beijar a mão” de Sarney. O presidente da UNE, Augusto Chagas, não só participou do ato, como fez questão de pedir para tirar uma foto enlaçando a cintura de Sarney. Há menos de três meses estudantes da UNE fizeram manifestação dentro do Senado, com prisão de alguns, pedindo o afastamento do presidente do Senado, no movimento “Fora Sarney”. Distribuíram pizzas e carregaram faixas com dizeres ofensivos ao senador. Depois de tirar a foto sorridente, o líder estudantil pediu que o fotógrafo oficial lhe mandasse uma cópia.

Na saída, ao ser questionado pelos jornalistas se Sarney já estava perdoado de todas as denúncias que enterraram o Senado numa das maiores crises, Augusto Chagas desconversou:

- O Sarney é o presidente do Senado e esse cerco de denúncias tem que ser melhor apurado. O que precisamos é transformar os mecanismos eleitorais no Brasil – respondeu o presidente da UNE.

O bispo emérito de Goiás, dom Tomás Balduíno, os senadoresJoão Pedro (PT-AM), Fátima Cleide (PT-RO), Serys Slhessarenko (PT-MT) e José Nery (PSOL-PA), a deputada Manuela D’Ávila (PCdoB-RS) e o deputado Dr. Rosinha (PT-PR), o escritor Hamilton Pereira (com pseudônimo Pedro Tierra) e Zaré Brum Soares, assessor da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), também participaram da reunião com Sarney no gabinete da presidência.

(Com informações de O Globo e Agência Senado).

Pesquisa mostra popularidade de políticos em ITZ

qua, 30/09/09
por Décio Sá |

Uma pesquisa encomendada pela Prefeitura de Imperatriz ao instituto piauiense Ipop, a qual o blog teve acesso, mostra como anda a popularidade dos políticos da cidade. O prefeito Sebastião Madeira (foto) não tem do que reclamar. Sua administração aparece com aprovação de 91,81% (somando os índices de bom e ótimo), muito superior a do presidente Lula, e só se igualando no Maranhão ao prefeito de São José de Ribamar, Luiz Fernando Silva (DEM). A gestão tucana só é reprovada por 5,57% dos entrevistados.

A pesquisa foi feita entre os dias 15 e 27 deste mês e ouviu 1.490 entrevistados somente no município. Veja outros números:

Quem é o maior político do Maranhão ?
José Sarney  -  35,48%
Jackson Lago -  20,94%
Roseana Sarney- 16,38%
Família Sarney -5,10%
Madeira -       3,15%
Lobão -         1,14%
Ildon Marques – 1,01%

Qual o político de Imperatriz que o senhor mais admira?
Madeira – 42,82%
Ildon -   11,34%
Raimundo Roma – 4,63%
Jomar Fernandes – 2,35%
João Batista – 1,74%
Ribamar Fiquene – 1,72%
Carlinhos Amorim – 1,70%
Davi Alves Silva – 1,69%
Fátima Avelino – 1,68%
* O ex vice-governador Luiz Porto (PSDB) aparece em último com 0,03%.

Quem é o vereador mais atuante?
Raimundo Roma – 15,57%
Joel Costa – 4,43%
Edmilson Sanchez – 4,03%
Rildo Amaral – 2,95%
Fátima Avelino – 2,90%
Chagão – 2,28%
Zé do Crea – 2,15%

Em quem você vota para deputado estadual?
João Batista (8,99%), Edmilson Sanches (2,35%), Carlinhos Amorim (1,61%), Valdinar Barros (1,34%), Jomar (1,21%), Antonio Pereira (0,40%), Fátima Avelino e Lula Almeida (0,27%), Zé do Crea, Rildo Amaral, Joel Costa e Justino (0,20%), Hamilton Miranda e Deusdedith Sampaio (0,13%), Terezinha Fernandes (0,10%) e Weverton Rocha em último com 0,07%.

Flávio Dino foge da armadilha dos Tavares

ter, 29/09/09
por Décio Sá |

O presidente da Assembleia, Marcelo Tavares, e o tio, o ex-governador José Reinaldo (PSB), armaram tudo direitinho para a solenidade de posse da deputada Cleide Coutinho (ex-PSDB), no PSB, e de Rubens Júnior (ex-PRTB), no PCdoB. Os dois se filiaram em evento conjunto realizado no plenarinho da Casa nesta terça-feira pela manhã. Os Tavares prepararam o palco para o deputado Flavío Dino (PCdoB) anunciar sua susposta candidatura ao Governo do Estado. Não foi dessa vez.

Flavio Dino falou, falou, falou e não disse o que José Reinaldo queria

Flávio Dino falou, falou e não disse o que José Reinaldo e Marcelo Tavares queriam ouvir

O ex-governador chegou ao local junto com o comunista vindo de Santa Luzia onde participaram da posse do médico Márcio Rodrigues (PDT) na prefeitura.  “Ao entrar aqui tive uma premonição: aqui está o futuro governador do Maranhão”, disse José Reinaldo, atiçando Flávio no sentido de que assumisse de vez a candidatura ao governo. Durante os dez minutos de seu discurso, o deputado nem tocou em disputa por cargos. Só em projetos para o futuro do Maranhão e na realidade do estado. Ao contrário, colocou a mão sobre o ombro de Marcelo e declarou: “esse aqui deveria ser governador, mas ele quer ser é o futuro sucessor”. O presidente da Assembleia deu apenas um sorriso amarelo.

No final do evento, em entrevista ao repórter Jorge Aragão (Mirante AM), o comunista relatou o que pensa sobre seu futuro político. Questionado se seria candidato ao governo, Senado ou à reeleição, disse que nenhuma das três hipóteses estavam descartadas. “Todas são possibilidades reais. Nenhuma está descartada porque temos um longo período para a eleição. Nesse momento não me recuso para nenhuma tarefa e me coloco para todas elas”, desconversou.

Afirmou ainda ser homem de grupo, mas tudo dependerá do cenário nacional. “Somos (PCdoB e PSB) partidos nacionais e temos visões nacionais. Nosso grande objetivo é mantermos o Brasil no caminho que está, sob a liderança do presidente Lula. A definição do quadro nacional influencia no quadro local. Não separamos a transformação do Brasil da transformação do Maranhão”, emendou (ouça aqui a íntegra da entrevista).

Como se vê, não foi dessa vez que Marcelo e José Reinaldo se seguraram em sua pretensa tábua de salvação.

Albérico é diplomado novo prefeito de Barreirinhas

ter, 29/09/09
por Décio Sá |

O deputado federal Albérico Filho (PMDB) e seu companheiro de chapa José Cabral (PTB) foram diplomados na tarde desta terça-feira como prefeito e vice-prefeito de Barreirinhas, respectivamente. O ato foi comandado pelo juiz Luiz Carlos Nunes Freire, que cassou o prefeito Miltinho Dias (PT). A solenidade foi realizada na sala de reuniões do Fórum Eleitoral de São Luís. A posse  de  Albérico e Cabral está marcada para às 15h de amanhã em Barreirinhas.  A vaga do peemedebista na Câmara dos Deputados deve ser ocupada pelo suplente Bene Camacho (PTB), de Imperatriz. Albérico (de bigode) não informou quando renunciará ao mandato.

Em relação a uma suposta resistência de Miltinho em passar o cargo, o novo prefeito disse esperar que “o bom senso e o espírito democrático pairem na cabeça dos defensores de uma ação contra o estado democrático de direito”. Existe o temor que o petista promova algum tipo de confusão durante a posse. Em janeiro, ele só foi empossado depois que aliados ameçaram o juiz de morte. Na ocasião, Nunes Freire teve de deixar a cidade às pressas com receio de ser assassinato.

Albérico afirmou que suas primeiras medidas serão a contratação de uma auditoria, levantamento do patrimônio do município  e o recastramento dos funcionários. O prefeito diplomado disse esperar contar com o apoio da governadora Roseana Sarney (PMDB) e do presidente Lula para transformar econômica e administrativamente a cidade.

Durante a diplomação ele esteve acompanhado da mulher, Ana Maria Ferreira, e dos filhos Ana Luiza e Augusto Ferreira. O presidente em exercício do PMDB, ex-deputado Remi Ribeiro, e o deputado Marcos Caldas (sem partido) também participaram da solenidade.

Últimas notícias

ter, 29/09/09
por Décio Sá |

Postura correta
É digna de elogio a atitude da direção do PSDB do Maranhão e principalmente do seu presidente, deputado Roberto Rocha, em não criar problemas aos deputados que deixaram a legenda. O próprio Roberto assinou documento a quem pediu para sair deixando claro que não haveria represálias. Já o presidente da Assembleia, Marcelo Tavares, e o tio, o ex-governador José Reinaldo Tavares, agem no PSB como o menino dono da bola. Estão criando todo tipo de embaraço aos parlamentares insatisfeitos com o socialismo gonçalvino.

Marcelo justifica a postura dizendo que “política não é molecagem”. Só faltou avisar José Reinaldo.

Novo humorista
O presidente da Assembleia agora deu para contar piadas. Disse ontem a um grupo de jornalistas que as obras da Assembleia custaram R$ 69 milhões. Ninguém acreditou. Informações dos próprios deputados dão conta que os custos superaram os R$ 100 milhões.

Tomando posse
O médico Márcio Rodrigues (PDT) está sendo diplomado e empossado agora pela manhã na Prefeitura de Santa Luzia. O agora ex-prefeito Zemar Dutra (PPS) ainda tentou impedir o ato com recurso na justiça alegando falta de prestações de conta do pedetista. O juiz do TRE José Carlos Sousa e Silva negou o pedido.

Na cadeia
O filho do prefeito de Benedito Leite, Júnior Coelho (PRB), foi preso há duas semanas em Nova Iorque durante o Festival do Caju. Rodrigo Coelho estava com uma pistola ponto 40. Foi levado à tarde para a Delegacia de Pastos Bons sendo solto no dia seguinte. Confusão mesmo aconteceu quando o promotor foi procurar o boletim de ocorrência e não encontrou. Depois de muito disse-me-disse o documento lhe foi entregue.

Segurança
Já está no pátio do Quartel da PM parte da nova frota de veículos para a Segurança Pública. Ao todo, o governo Roseana está adquirindo 300 novas viaturas.

Mais comunistas
Além do deputado Rubens Júnior (PRTB), que se filia neste momento, vão ingressar nos quadros do PCdoB nos próximos dias os sem-votos Mávio Rocha (PT), o ex-deputado Fortunato Macedo e o ex vice-prefeito de Colinas Totonho Santos.

“Craque na política”
O secretário Chiquinho Escórcio (Brasília) resolveu responde à nota onde foi classificado por este blog como o “Rei dos Balaios”. “Chiquinho não é o Rei dos Balaios, mas sim um craque na política”, frisou.

No PV
Os deputados José Lima (de saída do PSB) e Rigo Teles (ex-PSDB) e o líder da banda Tribo de Jah, Fauzy Beydoun, estão com um pé no PV do deputado Sarney Filho.

De volta pra casa
Não será surpresa para este blog se o ex-prefeito Cleomar Tema (Tuntum) abandonar o PSB e se filiar a um partido muito próximo à governadora Roseana Sarney (PMDB).

Denúncias na OAB
Adversários do candidato a presidente da OAB Roberto Feitosa já estão com nova munição contra sua candidatura. Circula nos bastidores da entidade um pedido de empréstimo de R$ 30 mil que o presidente da Caama (Caixa de Assistência) fez à OAB. Mais: a Caama registra pelo menos um caso de nepotismo. Feitosa promete responder aos desafetos na próxima quinta-feira durante inauguração do novo prédio da Caixa de Assistência.

Herança maldita
Os jornais de hoje anunciam que o Ministério Público Federal (MPF) vai acionar a Justiça Federal no sentido de obrigar o Governo do Estado a cumprir decisão para recuperar imediatamente a Barragem do Bacanda. Mais uma herança maldita que Roseana recebe dos desgovernos de Jackson Lago (PDT) e José Reinaldo.

PF na área
A Polícia Federal está bem perto de deflagrar uma nova operação no Maranhão. Andou até tentando semana passada, mas a ação foi abortada. Desta vez o alvo não são somente prefeitos.



Formulário de Busca


2000-2014 globo.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade