Formulário de Busca

Fábio Gondim é 1º secretário nomeado por Roseana

qua, 31/03/10
por Décio Sá |
categoria Política local

Fábio Gondim assumeA foto da Agência Senado é de Fábio Gondim Pereira da Costa, novo secretário de Planejamento do Governo do Maranhão. Ele ocupava o cargo de consultor de Orçamento da Casa e substituirá o deputado Gastão Vieira (PMDB). A nomeação dele foi publicada no Diário Oficial de ontem (terça-feira 30).

Durante a crise no Senado ele chegou a ser cotado para substituir o então diretor-geral Agaciel Maia. Foi ele, Doris Marize Romariz Peixoto e Ralph Siqueira que, em relatório, identificaram a existência dos famosos atos secretos e sugeriram providências.

Fábio Gondim é muito solicitado no eixo Rio/Brasília/São Paulo para palestras em órgãos públicos, entidades e universidades. Pelo currículo, foi uma grande escolha feita pela governadora Roseana Sarney (PMDB). 

Abaixo, a publicação da nomeação dele no Diário Oficial:

Fábio Gondim DO

Perfil falso de Jackson no Twitter é de morrer de rir

qua, 31/03/10
por Décio Sá |
categoria Política local

Jackson TwitterCriaram um perfil falso do governador cassado Jackson Lago (PDT) no Twitter que é uma verdadeira piada (aqui). Pelo que se sabe o pedetista não sabe sequer manusear direito um e-mail.

“Minhas pretensões impedem-me de expor as falcatruas das quais tenho comprovação, tenho sofrido ameaças de morte desde a cassação”, diz “ele” no microblog.

“Estamos preparando o que será a maior compra de votos que ninguém da familia sarney jamais viu!”, completa.

E por aí vai…

Prefeito de Satubinha é preso pela PF

qua, 31/03/10
por Décio Sá |
categoria Sem Categoria

A Polícia Federal (PF) em parceria com a CGU prendeu em flagrante, na tarde desta quarta-feira (31), o prefeito de Satubinha (272km de São Luís), Antônio Rodrigues de Melo (PP), o “Mão de Ouro” (foto). Ele foi preso acusado de estar cometendo fraude nas prestações de contas da prefeitura.

mão de ouroDe acordo com as primeiras informações, “Mão de Ouro” também havia sacado dinheiro das contas da prefeitura ilegalmente, como tem ocorrido em outros municípios investigados pela PF e CGU.

Agora estava fraudando as prestações de contas, para justificar o uso dos recursos. O prazo para entrega dos documentos ao TCE termina na próxima segunda-feira. O filho do prefeito, o ex-secretário de Finanças e vereador Marquinho, também seria alvo da PF, mas não foi localizado.

Contadores presos na primeira etapa da Operação Rapina, em 2007, estariam envolvidos nesse caso de Satubinha. Há 11 dias a PF prendeu em flagrante o prefeito de Serrano, Vagno Pereira, Banga (PTdoB), quando ele fazia saques irregulares da conta do município.

Em abril de 2008, durante a Operação Rapina II, os então prefeitos Domício Gonçalves (Centro Novo) e Perachi de Morais (Marajá do Sena) foram presos fraudando prestações de contas que seriam entregues ao TCE (reveja).

Denúncia

No último dia 16, o Tribunal de Justiça recebeu uma denúncia do Ministério Público envolvendo “Mão de Ouro”. Ele é acusado de fraudar 23 processos licitatórios na prefeitura. Foram identificadas, em investigação da PF, duas empresas de fachada que estariam participando das licitações.

(Com informações do imirante.com).

Roseana suspende articulações políticas

qua, 31/03/10
por Décio Sá |
categoria Política local

Os balaios não se sossegam. Depois de espalharem que a governadora Roseana Sarney (PMDB) não seria candidata à reeleição, “barrigada” (notícia falsa em jornalismo) encampada pelo Jornal Pequeno, agora voltaram a comentar sobre o estado de saúde da peemedebista.

Desde cedo recebo ligações de gente querendo saber se Roseana havia se internado no hospital UDI. Na verdade, a governadora esteve naquela casa de saúde para visitar o tio, o ex-prefeito Roberto Macieira, que sofreu um aneurisma na artéria aorta, do coração. Ele é irmão de Dona Marly Sarney e pai do presidente da OA, Mário Macieira. Como seu estado é grave, a governadora suspendeu todas as movimentações políticas, principalmente da formação do novo secretariado.

A ideia de Roseana é nomear os adjuntos dos secretários que estão deixando os cargos até que encontre uma solução definitiva. É nessa condição que os nomes de Aluísio Mendes e Carmem Aroso estão sendo cotados para as secretarias de Segurança e Educação, respectivamente.

Já Fernando Leal deve ser efetivado mesmo no lugar de Max Barros (Infraestrutura).

Justiça manda Ribamar Alves retirar propaganda

qua, 31/03/10
por Décio Sá |

Atendendo ao pedido de liminar feito pelo Ministério Público Eleitoral no Maranhão (MPE/MA), por meio do procurador eleitoral auxiliar Juraci Guimarães Júnior, a Justiça Eleitoral determinou a retirada do outdoor do deputado federal José de Ribamar Costa Alves (PSB), por conter propaganda eleitoral antecipada.

ribamar alves 310310Examinando a fotografia do outdoor, encaminhada junto ao pedido de liminar no dia 24 de março, o juiz José Magno Linhares verificou que a disposição do número “40″ e da palavra “voto” com grande destaque transmite a ideia de um apelo ao eleitor para votar no número 40, configurando, em tese, propaganda eleitoral antecipada, já que a legislação eleitoral não a permite neste momento.

Sendo assim, com base no art. 39, § 8º, da Lei 9.504/97, o juiz defiriu o pedido de liminar, determinando ao deputado federal Ribamar Costa Alves, retirar, no prazo máximo de 48 horas, o outdoor localizado na avenida dos holandeses, próximo ao Rio Poty Hotel.

(As informações são do Ministério Público Federal).

Dez governadores renunciam; Roseana tenta reeleição

qua, 31/03/10
por Décio Sá |

Da Agência Estado:

Brasília - A aproximação do prazo final de desincompatibilização eleitoral, no Sábado de Aleluia (03), provocará esta semana a troca de comando em pelo menos dez Estados. Com vistas às eleições de outubro, anunciaram que deixarão os cargos os governadores do Mato Grosso, Amazonas, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Rondônia, Goiás, Amapá e Piauí. Santa Catarina já está de governo novo. Na quinta-feira (25), assumiu o vice-governador Leonel Pavan (PSDB) no lugar do então governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB).

roseana 310310A Lei Eleitoral exige que ocupantes de cargos no Executivo se afastem do posto para concorrer a um mandato diferente ao que exercem atualmente. A obrigação visa a garantir uma disputa justa entre os candidatos, muito embora não enquadre na regra os postulantes à reeleição.

A debandada dos governadores começa nesta quarta-feira, 31, quando saem do cargo Blairo Maggi (PR), do Mato Grosso; Eduardo Braga (PMDB), do Amazonas; Wilma de Faria (PSB), do Rio Grande do Norte, e Aécio Neves (PSDB), de Minas Gerais. Nesta quinta-feira, 1º, é a vez de Roberto Requião (PMDB), do Paraná, e Ivo Cassol (PP), de Rondônia.

Na Sexta-Feira Santa, 2, José Serra (PSDB) deixa o governo paulista. Em Goiás, o governador Alcides Rodrigues (PP) deixará para o último dia a decisão de sair do cargo. O governador do Amapá, Waldez Góes (PDT), desincompatibiliza-se até a data máxima prevista, no sábado. Góes concorre ao Senado. No Piauí, o governador Wellington Dias (PT) deixará o governo sexta-feira para concorrer ao Senado – sonho comum da maioria dos futuros ex-governadores.

Com exceção de Serra, presidenciável do PSDB, de Aécio, que foi cotado para ser vice na chapa de Serra, e de Requião, que poderia ser lançado candidato à Presidência pela ala do PMDB à qual pertence, todos os outros têm destino certo: ser candidato à Casa, que troca dois terços dos legisladores nesta eleição.

O governador de São Paulo deve lançar a candidatura à sucessão no Palácio do Planalto no dia 10 de abril, em evento em Brasília. A chapa encabeçada pelo paulista conta com o apoio do DEM e do PPS, que comporão a mesa solene da festa de lançamento. O tucanato empenha-se, no momento, em fechar acordo com o PTB e o PSC, esforço para turbinar o palanque eletrônico do governador, que ganhará tempo adicional na campanha eleitoral gratuita.

Além da articulação com outros partidos, líderes do PSDB investem nos bastidores na composição de uma dobradinha presidencial puro-sangue, com Aécio como vice. Alguns correligionários do governador de Minas Gerais dão como certa a candidatura dele a senador, eco que não se reproduz entre líderes tucanos. De acordo com eles, Aécio pediu tempo à legenda, até maio, para tomar a decisão. O mineiro só abraçará a causa se Serra sustentar a dianteira nas pesquisas de intenção de voto nos próximos meses.

Mesmo preterido dos planos do PMDB, Requião, do Paraná, pretende pôr o nome à disposição da sigla para a corrida presidencial. O peemedebista sabe, contudo, que não reúne apoio suficiente para tanto. Diante da provável aliança da agremiação em torno da candidatura da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, Requião deixou o caminho aberto para uma candidatura ao Senado. O peemedebista apoia ao governo do Estado o nome de seu vice, Orlando Pessuti (PMDB), em troca da garantia de uma das duas vagas ao Senado na coligação capitaneada pelo vice.

Reeleição

Em 13 Estados, haverá disputa pela reeleição. Pelo PMDB, cinco governadores tentarão a recondução ao cargo: André Puccinelli, no Mato Grosso do Sul; Sérgio Cabral Filho, no Rio; Roseana Sarney, no Maranhão; Carlos Henrique Gaguin, no Tocantins, e José Maranhão, na Paraíba.

Pelo PT, tentam a reeleição Ana Júlia Carepa, no Pará; Marcelo Déda, em Sergipe, e Jaques Wagner, na Bahia. Entre os tucanos, concorrerão Teotônio Vilela Filho, em Alagoas; José de Anchieta, em Roraima, e Yeda Crusius, no Rio Grande do Sul. No PSB, Cid Gomes tenta recondução ao governo do Ceará e Eduardo Campos, ao de Pernambuco.

Com a chancela do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que interveio no Rio de Janeiro de olho na construção de um palanque forte para Dilma, Cabral já abre 18 pontos de vantagem sobre os principais adversários, de acordo com a última pesquisa Vox Populi, de março. O peemedebista angaria 38% das intenções de voto, à frente do ex-governador Anthony Garotinho (PR), com 20%, e do deputado Fernando Gabeira (PV), com 18%.

Outro governador que anda bem nas pesquisas é Cid Gomes. Ele liderou com folga, até agora, todas as pesquisas de opinião promovidas no Estado e não conta com adversários de peso na corrida eleitoral. Além do apoio do PT e do PMDB, o governador arregimenta a adesão informal do DEM e do PSDB, que não pretendem lançar candidatos à corrida eleitoral. Gomes deve enfrentar o prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa (PR), cujo partido foi isolado no Estado.

Por outro lado, a disputa deve ser acirrada na Bahia, onde Wagner deve dividir com o ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima (PMDB), o apoio do governo federal. Além do peemedebista, o petista terá como adversário o ex-governador Paulo Souto (DEM). Wagner liderou a pesquisa Datafolha de dezembro com 39% das intenções de voto, seguido por Souto (24%) e Geddel (11%).

Fora da disputa

No Acre, Binho Marques (PT) não será candidato à reeleição nem a outro cargo e completa o mandato no final de 2010. No Espírito Santo, Paulo Hartung (PMDB) está no segundo mandato e não disputará cargos. O peemedebista abriu mão da disputa ao Senado em troca do apoio do PT e do PDT a Ricardo Ferraço (PMDB), vice de Hartung e candidato do governador à sucessão no Estado.

Governo duplicará oferta de UTI Neonatal em ITZ

qua, 31/03/10
por Décio Sá |
categoria Cidades, Maranhão

O Governo do Estado vai duplicar o número de leitos de UTI Neonatal (Unidade de Terapia Intensiva) no Hospital Materno Infantil de Imperatriz e possibilitará à prefeitura o aumento da quantidade de vagas no setor especializado, com mais 12 leitos de UTI no Hospital Municipal Socorrão.

saude leito imperatrizEsse compromisso foi reafirmado pelo secretário-adjunto de Regionalização dos Serviços de Saúde do Maranhão, José Márcio Leite, em Imperatriz, nesta terça-feira (30), durante visita técnica, com outros profissionais da Secretaria de Estado de Saúde (SES). O objetivo da visita foi realizar um levantamento na oferta de vagas para o atendimento em UTI e verificar o andamento de outros serviços oferecidos pela saúde estadual à população de Imperatriz e Região Tocantina, com a intenção de otimizar os serviços prestados.

José Márcio Leite esteve acompanhado do prefeito Sebastião Madeira (PSDB); do gestor regional de Saúde, Rênio Pereira; do diretor geral do Hospital Materno Infantil, Clidenor Plácido; e da secretária municipal de Saúde, Conceição Madeira.

“Ao todo, são 20 leitos de UTI em hospitais conveniados em Imperatriz, disponibilizados aos pacientes em estado grave, mantidos com recursos estaduais, sem falar nas 29 vagas oferecidas pela UTI neonatal do Materno Infantil. Mesmo com essa oferta, a demanda é intensa, principalmente, de pacientes de outras cidades da região e dos estados vizinhos, o que estrangula nosso atendimento. Por isso, o Governo do Estado tem como ação a ampliação desses serviços, para que esses problemas sejam solucionados”, explicou Rênio Pereira.

Em entrevista coletiva José Márcio Leite e Sebastião Madeira explicaram aos jornalistas que as primeiras medidas de enfrentamento na questão dos leitos de UTI já estão sendo adotadas, para que em cerca de 90 dias seja entregue o novo núcleo de terapia intensiva no Hospital Socorrão.

“Graças à parceria do Governo do Estado com o Município, vamos mais que dobrar a nossa capacidade de atendimento em UTI, saindo de 10 para 24 leitos. A Prefeitura iniciou os procedimentos para adequação de um espaço para essa implantação e o governo vai dispor de mais de R$ 1 milhão, para aquisição dos equipamentos de última geração”, disse o prefeito de Imperatriz fazendo questão de destacar a parceria com a administração Roseana Sarney na busca de soluções para o setor da saúde no município.

(As informações de Governo do Maranhão).

Duas notas rápidas

qua, 31/03/10
por Décio Sá |
categoria Política local

Roseana define secretariado
A governadora deve anunciar nos próximos dias pelo menos alguns dos novos secretários. Três nomes foram antecipados pelo blog há dez dias (reveja). O lugar de Ricardo Murad (Saúde) vai ser ocupado pelo ex-diretor do Hospital Geral Luiz Alfredo Guterres que, por sua vez, será substituído pelo Dr. Amarildo. Já o incansável Fábio Câmara teve todo o seu trabalho compensado – será o novo gestor de saúde de São Luís.

Para o lugar de Roberto Costa (Esporte e Juventude) vai mesmo o secretário-adjunto Sousa Neto. O presidente do Cejovem (Conselho Estadual de Juventude), Rui Pires, vai virar adjunto. O novo secretário de Planejamento será Fábio Gondim, consultor-geral do Orçamento no Congresso Nacional. Conforme o blog antecipou ainda em janeiro (reveja), o secretário João Abreu (Casa Civil) deixará o posto. Ele vai ficará à disposição para tentar viabilizar-se até como candidato a vice-governador na chapa de Roseana.

Operação de Sarney é sucesso
Foi um sucesso a operação do presidente do Senado, José Sarney, para a retirada de um sinal no lábio superior, realizada na noite desta terça-feira em São Paulo. O sucesso foi tanto que ele nem precisou retirar seu tradicional bigode. A mídia demo-tucana do eixo Rio/São Paulo/Brasília e algumas aves agourentas do Maranhão estavam ávidos para ver Sarney sem bigode. Quebraram a cara mais uma vez. O velhinho é duro na queda.

Refinaria, Porto do Itaqui e BR-135 no PAC 2

ter, 30/03/10
por Décio Sá |

A segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), lançado ontem pelo presidente Lula e pela ministra Dilma Roussef (Casa Civil), prevê vários grandes investimentos no Maranhão. O relatório do programa (leia a íntregra) confirma a implantação da Refinaria Premium I em Bacabeira.

Além disso, estão garantidas as obras de duplicação da BR-135 e o acesso ao Porto do Itaqui, a construção dos Berços 100 e 108 e recuperação do 101 e 102 também no Itaqui, uma hidrovia no Rio Tocantins entre Marabá (PA) e Imperatriz (MA), cinco hidrelétricas no Rio Parnaíba e a retomada do projeto do Tabuleiro do São Bernado. Uma vitória dos maranhenses graças ao prestígio político do grupo liderado pelo senador José Sarney (PMDB).

O governo Lula vai destinar R$ 220 bilhões do Orçamento Geral da União (OGU) para as obras do PAC 2 em todo país. Abaixo, a reprodução do relatório confirmando a instalação da refinaria da Petrobras, as obras no Itaqui e a duplicação da BR-135.

PAC refinaria

PAC Porto

PAC estrada

“Nunca deixei de ser candidata”, afirma Nice Lobão

ter, 30/03/10
por Décio Sá |
categoria Política local

A deputada Nice Lobão (DEM), mulher do ministro Edison Lobão (Minas e Energia), acaba de confirmar ao blog: é candidatíssima à reeleição.

Nice Lobão 300310“Eu nunca deixei de ser candidata. Estou indo para o meu quarto mandato. Serei candidata se Deus quiser”, declarou a ex primeira-dama do Maranhão.

“Passei muito tempo afastada porque operei a coluna. Mas agora estou firme e forte”, completou ela, que passou o final de semana em São Luís e agora está em Brasília.

Sem citar nomes, Nice (foto) mandou um recado para pretensos políticos que estariam avançando sobre suas bases: “Se existiu gente que tentou me tirar (do páreo), eu não sei”.

Os pretensos políticos em questão seriam o secretário Luciano Moreira (Administração) e a também ex primeira-dama do estado Alexandra Tavares (PSB). Eles estariam contatando aliados políticos da democrata com o argumento de que ela não seria mais candidata.

A deputada vem procurando nas últimas semanas os amigos que construiu ao longo da carreira política. No final de semana recebeu o título de cidadã do município da Raposa onde mantém forte parceria com o prefeito Onacy Paraíba (PP). Também conversou com o prefeito de Bacabeira, José Venâncio Gomes, o Venancinho (DEM).



Formulário de Busca


2000-2014 globo.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade