Formulário de Busca

Serra e Dilma trocam farpas: críticas a Lula e FHC

sáb, 10/04/10
por Décio Sá |
categoria Eleições

Brasília – Os dois principais pré-candidatos à Presidência, o tucano José Serra e a petista Dilma Rousseff, mostraram neste sábado que a disputa eleitoral deste ano poderá cair em um confronto plebiscitário, com a comparação do governo Luiz Inácio Lula da Silva com o de Fernando Henrique Cardoso.

Serra apela para ter apoio de Aécio Neves em MG

Serra apela para ter apoio de Aécio Neves em MG

Em Brasília, no lançamento de sua pré-candidatura, Serra não poupou críticas indiretas a gestão Lula em várias áreas e voltou a repetir seu slogan de que o “Brasil pode mais”, que tem sido rejeitado por petistas.

Serra criticou a divisão do país em classes e regiões e ainda provocou seus adversários ao dizer que “o Brasil não tem dono” e que a oposição está preparada para “quanto mais mentiras disserem sobre nós, mais verdades diremos sobre eles”. Segundo Serra, é “deplorável que haja gente que, em nome da política, tente dividir o nosso Brasil”.

Já, em São Bernardo do Campo (SP), Dilma colocou-se como contraponto da oposição. “Estou aqui hoje e quero aproveitar este momento para me identificar com maior clareza. Os da oposição precisam dizer quem são. Vocês sabem quem eu sou, e vão saber ainda mais”, afirmou no início da fala.

A ex-ministra voltou a defender um Estado forte a serviço “do interesse nacional e da emancipação do povo brasileiro”. Em um possível governo, ela disse que não planeja vender os bens do Estado.

“Não permitirei, se tiver forças para isto, que o patrimônio nacional, representado por suas riquezas naturais e suas empresas públicas, seja dilapidado e partido em pedaços. Tenham certeza de que nunca, jamais me verão tomando decisões ou assumindo posições que signifiquem a entrega das riquezas nacionais a quem quer que seja”, afirmou a ex-ministra.

Dilma discursou em um evento no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC organizado por seis centrais sindicais, com a presença de Lula, Serra foi a lançado pré-candidato em Brasília no chamado “Encontro de Partidos” –PSDB, DEM e PPS.

No seu discurso, o ex-governador disse ainda que defende um país sem exclusão. “Não aceito o raciocínio do nós contra eles. Não cabe na vida de uma Nação. Somos todos irmãos na pátria. Lutamos pela união dos brasileiros e não pela sua divisão. Pode haver uma desavença aqui outra acolá, como em qualquer família. Mas vamos trabalhar somando, agregando. Nunca dividindo. Nunca excluindo”, afirmou.

Serra gastou parte do seu discurso criticando a falta de ações na área da Saúde durante o governo Lula após lembrar seus feitos à frente do Ministério da Saúde no governo FHC. “Criamos a Agência Nacional de Vigilância Sanitária e da Agência Nacional de Saúde, a implantação dos genéricos, a proibição do fumo nos aviões e da propaganda de cigarros e a regulamentação dos planos de saúde”.

Já, Dilma alfinetou o governo FHC dizendo que o país da estagnação e desempregou ficou para atrás. “Acabou o tempo dos exterminadores de emprego, dos exterminadores de futuro. O tempo agora é dos criadores de emprego, dos criadores de futuro.”

Dilma 100410Falando em terceira pessoa, a ex-ministra (foto) também afirmou que não irá apelar na eleição, fazendo ataques pessoais aos adversários. “Vocês não verão Dilma Rousseff usando métodos desonestos e eticamente condenáveis para ganhar ou vencer.” Em um discurso dividido em seis tópicos, ela defendeu cinco pontos que planeja fazer e um que não faria: a privatização.

Em Brasília, Serra afirmou que boa parte da criminalidade do país é motivada pela certeza de “impunidade”. ‘Um país só poderá atingir a paz se se existir a garantia de que a atitude criminosa não ficará sem castigo.Quero que meus netos cresçam num país onde a lei será aplicada a todos. No país, nenhum brasileiro vai estar acima da lei. Com segurança na Justiça o Brasil pode mais”, disse.

Já Dilma disse ainda que defende os movimentos sociais. “Esteja onde estiver, respeitarei sempre os movimentos sociais, o movimento sindical, as organizações independentes do povo. Farei isso porque entendo que os movimentos sociais são a base de uma sociedade verdadeiramente democrática”, disse, segundo íntegra de discurso distribuído por sua assessoria. Durante a fala, Dilma fez alguns improvisos.

(Folha Online).

12 Comentários para “Serra e Dilma trocam farpas: críticas a Lula e FHC”

  1. 1
    FRANCISCO BORGES DE SOUZA:

    Por “um Estado forte a serviço do interesse nacional e da emancipação do povo brasileiro”, a ex-ministra quis dizer: mais sinecuras para os aloprados do PT e seus asseclas. Mais ladroagem e miglhas (bolsa qualquer coisa) para o pobres idiotas que vontarem nela.

  2. 2
    MLOUZEIRO:

    AGORA SIM MEU VOTO JA ESTA CONFIRMADO É 45 NA CABEÇA E O RESTO QUE SE REBENTE JA ESTA NA HORA DO BRASIL ACABAR COM ESSA DE VOTAR EM COISA RUIM COMO O SR. LULA O SR. SARNEY E COMO SE NÃO BASTASE AINDA APARECE QUATRO VOTOS PARA ELEGER UMA PESSOA QUE NUNCA TEVE VOTO

  3. 3
    lazaro:

    O FHC DEIXOU O PAIS BEM ESTRUTURADO QUE ATÉ UM ANALFABETO CONSEGUI ADMINISTRA,EU QUERIA SABER SE LULA ERA BOM MESMO SE TIVESSE RECEBIDO O GOVERNO 8 ANOS ANTES DE FERNANDO HENRIQUE CARDOSO,POR ISSO VOTO NO PSDB…FIM DA INFLAÇAO,A LEI DA RESPONSABILIDADE FISCAL,A CONSOLIDAÇAO DA DEMOCRACIA E ETC…

  4. 4
    Armando Kapileh:

    É esse “plebiscito” que a corriolla do Vampiro quer. Se a Dilma cair nessa de comparar governos, sem se preocupar em mostrar o novo, aí o fumo entra. FHC e Lulla não são candidatos a nada!!. O povo não é otário, imaginando que Zé Serra seja o ventríloquo de FHC. /// Lembro ao blogueiro uma análise bem simples. Lula tem (teve e terá) muito mais votos que Dilma. Zé Serra tem mais votos que Alckmim. E Lulla foi para o segundo turno com Alckmim, em uma eleição “plebisctária” como essa que se avizinha. /// A propalada “vantagem” de Lulla sobre FHC é um mito, que pode ser derrubada de forma mais elementar possível, por dois fatos APENAS. A) A dívida pública brasileira no início de 2003 era de R$ 600 bilhões, hoje ela bate a astronômica cifra de R$ 2 TRILHÕES de reais. B) Em 2003, o Brasil participava com cerca de 3,7% do PIB mundial, hoje essa participação recuou, sendo de 2,9%. /// Então, vamos mostrar serviço… se não o Vampiro leva.

  5. 5
    marcio:

    Ei Décio, aqui na terra do frei (Imperatiz) tem tucano achando que com a vitoria de serra ,o Sebastião madeira pode se fortalecer e com isso ser candidato a governador do Maranhão em 2014.Estão euforicos com essa ideia maluca.Deus livre o povo do Maranhão de uma desgraça dessa.. Esse madeira´faz um Governo aqui que tá é longe de credencia-lo para uma missão dessas.Não tem a menor condição de assumir um posto desse.
    A cidade tá um caos só.

  6. 6
    Joana darc:

    QUEREMOS DILMA E ROSEANA. DUAS MULHERES DE FIBRA LUTANDO PELO POVO MARANHENSE.LULA E ROSEANA VAI DAR DE LAPADA NESSA TUCANADA ASSANHADA. AGUARDEM E VERÃO .
    AVANTE MULHERES DO MARANHÃO . VAMOS A LUTA ,,,,

  7. 7
    Thiazinha:

    Ah!!!! essse abraço de Aécio me da uma saudadade danada dos anos 80; Tancredo, a volta da demacrecia (que não foi) o sonho , o romance, a vontade de transformr e transgredimos.

  8. 8
    josé oliveira:

    Aqui em imperatriz só se ver obras do governo do estado.Estadio, Ponte sobre o Tocantins, Rodoviaria, Avenida Pedro neiva , ampliação do hospital do estado e asfaltamento de ruas com recursos que a governadora mandou e a obra do PAC do Presidente Lula
    O prefeito tucano tá realmente deixando a desejar. Concordo com o cidadão que comentou sobre imperatriz.Nesse ritmo , ele não chega nunca ao Governo.Olhe lá se vai dar pra se reeleger…

  9. 9
    Diniz:

    Quanto foi em R$ que Aércio Neves aceitou ser vice de Serra, uma coisa eu estou certo não foi de graça, todo mundo tem seu preço

  10. 10
    KOSMOS:

    QUEM ODEIA O NORDESTE VOTE EM SERRA. SERRA TIRARÁ TUDO DO NORDESTE PARA VOLTAR A ENRIQUECER O RICO SUDESTE. ESSA ELEIÇÃO É SIM ENTRE O NORDESTE E O SUDESTE. OS NORDESTIDO IDIOTAS VOTARÃO NA IDIOTICE DO PSDB. NORDESTE, VOTE EM QUALQUER UM, MENOS NO VAMPIRO DO SERRA. SERRA É A MORTE PARA O NORDESTE/NORTE/CENTO-OESTE – REGIÕES QUE CRESCERAM SIGNIFICAMENTE NOS ÚLTIMOS 8 ANOS. NO QUE DIZ A RESPEITO DO GOVERNO FHC, O POVO DO MARANHÃO NÃO SABE NEM A METADA A RESPEITO DA CONVERSÃO DA URV PARA O REAL; AS PRIVATIZAÇÕES DIRECIONADAS; A DÍVIDA IMOBILIÁRIA PÚBLICA; AS DÍVIDAS EXTERNAS BRASILEIRAS; A PRECARIEDADE EM ENVESTIMENTO NAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS; ETC. ORA, SO O FATO DOS AMERICANOS DESEJAREM ARDUARMENTE A VOLTA DO PSDB/DEM AO GOVERNO, JUNTAMENTE COM A FOLHA, GLOBO, ESTADÃO, JORNAL DO BRASIL E ELITE PAULISTA, DESGRAÇAS VEEM POR AI, PRINCIPALMENTE SOBRE O NORDESTE.

  11. 11
    Antonio Carlos:

    O discurso idiota desse tal de Kosmos não faz o meno sentido. O governo Roseana recebeu mais benefícios no governo FHC do que no queridinho dela, o famigerado LULA. O nordeste deu para o PSDB grandes lideranças tais como: Tarso Jereissate, Cassio Cunha Lima, José Guerra, etc. Lembrem-se que o FUNDEB, o PROER, a Lei de Responsabilidade Fiscal, as Agencias Reguladoras, a Rede de Proteção Social(inclusive o Bolsa Escola) foram criados pelo PSDB. Se não fosse isso hoje estaríamos livres da demagogia, do messianismo e da roubalheira que permeia o desgoverno Lula. Serra, neles! E mulher careca não rola.

  12. 12
    PAULO HELUY:

    ESPERE E VERÁ QUE ESSA DILMA NÃO VAI IMPLACAR PARA PRESIDENTE, AINDA HÁ TEMPO DE LULA MUDAR O CANDIDATO E LANÇAR ROSEANA, QUE É A VERDADEIRA CANDIDATA A PRESIDÊNCIA.

Comentar

deixe seu comentário



Formulário de Busca


2000-2014 globo.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade