Formulário de Busca

Morre jornalista Telma Borges

qui, 20/05/10
por Décio Sá |
categoria Cidades

Morreu, na noite desta quarta-feira, a jornalista Telma Borges (foto), aos 49 anos, vítima de uma parada cardíaca provocada por uma infecção generalizada. Ela vinha sofrendo de câncer na região do estômago e chegou a ser operada no final do ano passado em São Paulo. Estava internada desde domingo no Hospital São Domingos, tendo se submetido a uma nova cirurgia, mas não resistiu.

telma_borgesÉ o terceiro profissional da área de comunicação que morre num espaço de três dias. Na segunda-feira, o decano da imprensa maranhanse Jurivê Macedo, 80 anos, desapareceu em decorrência de um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Ontem foi enterrado Walter Rodrigues, 59 anos, vítima de um ataque fulminante do coração.

Telma Borges trabalhou por muitos anos como editora de Economia do jornal O Imparcial, foi repórter das TVs Ribamar e Difusora, e atualmente vinha atuando como assessora do Sesc. Ela era casada com o jornalista Jorge Vieira e tinha duas filhas.

O corpo está está sendo velado na Central de Velório da Pax União, no Centro de São Luís. Aos familiares, meus sinceros pêsames.

(Com informações do imirante.com e TV Mirante).

13 Comentários para “Morre jornalista Telma Borges”

  1. 1
    Marta Barros:

    No curto espaço de três dias, a imprensa maranhense perde três jornalistas cujos nomes são referência no meio. É realmente uma pena. Trabalhei com Telma quando estagiária de Jornalismo no SESC e quando editei um jornal para idosos, do qual o SESC foi parceiro. Dela, lembro o jeito calmo e manso de falar e de agir, e do sorriso bonito que a caracterizava. Lamento profundamente que Telma tenha perdido essa batalha. Aos familiares e amigos, meus sinceros pêsames.

    Marta Barros
    Jornalista

  2. 2
    TONY MENESES:

    Conheci Telma Borges quando era gerente da Varig. Foi muito fácil ficar seu amigo.
    Ao marido e filhas, que Deus possa confortá-los nesta hora.

  3. 3
    Evan de Andrade:

    É com tristeza que recebo a informação do falecimento da Telma Borges.
    Trabalhei com a ela por três anos no Serviço Social do Comercio.
    Sempre lhe enviava matérias sobre o Sesc Ler em Itapecuru-Mirim
    para o periódico interno (endomarketing).

    “pido que dios le bendiga”

  4. 4
    paulo:

    Décio,

    Será que Deus resolveu montar um comitê de imprensa para acompanhar a copa e escolheu somente jornalista do Maranhão?

    Rapaz precisamos conversar com Ele. Assim é demais.

    Nossa sentimento e solidariedade aos familiares de todos eles.

  5. 5
    Luan Dutra:

    A bruxa tá solta. te cuida, Décio!

  6. 6
    paulo:

    Caro Décio,

    Será que Deus resolveu montar um comitê de imprensa para acompanhar a copa e escolheu somente jornalista do Maranhão?

    Rapaz precisamos conversar com Ele. Assim é demais.

    Nosso sentimento e solidariedade aos familiares de todos eles.

  7. 7
    Olivia Franse:

    Foi com muita tristeza que recebi a notícia. Parei, fiquei pensando nos momentos bons que vivemos juntas. Das solenidades que participamos, do jeito sempre gentil, sempre alegre, tambem lembrei da força que ela me deu quando começei minha carreira, dos conselhos, da confiança.
    Perdir mais uma pessoa que faz parte da história profissional, pedir um amiga que me alegrava nos momentos de dor, que levantava o meu astral e me dava força para seguir adiante.
    O que me deixa feliz é que Deus ganhou mais uma pessoa, que vai contribuir muito para a construção do reino. Deus passou no jardim e colheu mais uma vez a flor mais bonita. Deus recebeu Telma Borges e vai curá-la, vai também confortá-la e vai dar a ela o descanço eterno.
    Ela do jeito, que a conheço, vai construir uma nova história do lado de amigos e de anjos, em um lugar onde só existem amor. Eu acredito nisto é é isto que me conforta.
    Para a família deixo somente uma única mensagem. Deus é amor, é justiça. Tudo que acontece nesta terra, só acontece por que ele permite. Ele proverá sobre todos vocês. Pode ter certeza.

    OLIVIA FRANSE
    JORNALISTA E AMIGA

  8. 8
    Wilma Maria Pereira Lima:

    Conheci a Telma e o seu irmão Jorge quando faziamos cursinho preparatório para vestibular (CIPE), construimos amizade, obtivemos aprovação, cada uma foi para o seu lado, não tinhamos contato diário, mas, sempre que nos encontravamos era uma alegria, sinto muito a sua morte, com certeza o Maranhão perdeu uma grande profissional. Sentimentos a toda a família enlutada.

  9. 9
    Anibal da Silva Lins:

    Conheci e trabalhei com Telma Borges. Era uma figura humana fantástica e uma excelente profissional. Com certeza, foi uma grande perda para todos nós. Anibal da Silva Lins – Presidente do Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado do Maranhão

  10. 10
    Marcelle Torres:

    Realmente lamentável a notícia que acabo de receber. Entristece-me em saber que uma pessoa tão cheia de vida, tão terna, carinhosa, profissional e amiga nos deixa dessa maneira.
    Fui estagiária no SESC no ano de 2002, oportunidade que tive de conhecer bem de perto essa pessoa ímpar, Telma Borges.
    Lembro-me de seu jeito exigente, porém, humano. Uma pessoa que, com seu jeito cativante, conquistava o respeito e admiração de todos.
    Jamais esquecerei do meu primeiro estágio como relações públicas, sendo chefiada por uma jornalista que muito me ensinou.
    Durante esse convívio pude conhecer sua família, seu marido Jorge e suas lindas filhas Isadora e Natália.
    Lamento muito pelos que ficaram, pelo vazio que sentirão sempre.
    Mas tenham uma certeza, que a missão de Telma foi cumprida nesta vida. Que ela precisava regressar para junto do Pai, para ajudar no adiantamento moral e espiritual dos que ficaram e que são amados por ela.
    Que ela possa, enfim, ser curada e que tenha o descanso merecido.

    Marcelle Torres
    Relações Públicas

  11. 11
    Joel Jacinto:

    É Décio, mais uma vez estamos de luto, e pela quarta vez tivemos mais uma perda: Rui Barbosa, Jurivê Macêdo, Walter Rodrigues e Telma Borges (por sinal, uma amiga e grande companheira)

  12. 12
    abdomacir santos sanches:

    Os “reporteres” que deveriam morrer ….esses não morrem …

  13. 13
    Viviane:

    Não devemos desejar o mal para ninguém, principalmente morte.
    A esses comentários idiotas, que a praga vire contra o feiticeiro.

Comentar

deixe seu comentário



Formulário de Busca


2000-2014 globo.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade