Formulário de Busca

Fichas-sujas abalam mais palanque de Serra

sáb, 19/06/10
por Décio Sá |
categoria Eleições

Da coluna Painel, Folha de S. Paulo:

Brasília - Exame preliminar da Lei da Ficha Limpa indica que, se aplicada sem exceção, a nova regra abalará mais palanques de José Serra (PSDB) do que de Dilma Rousseff (PT). A lista de possíveis baixas do lado dele começa no Maranhão, onde o nome para enfrentar o clã Sarney e o PT seria o do ex-governador Jackson Lago (PDT).

Também estão impedidos, em princípio, Joaquim Roriz (PSC) no Distrito Federal e Expedito Filho (PSDB) em Rondônia. Há ainda a Paraíba, onde, sem aliado disputando o governo, Serra se apoia na candidatura ao Senado de Cássio Cunha Lima (PSDB), outro pendurado. Para Dilma, a perda mais significativa seria Anthony Garotinho (PR) no Rio.

O PSDB tem esperanças de que Lago consiga confirmar sua candidatura na Justiça, porque já cumpriu “pena”. Por ora, o partido vê com muito receio a possibilidade de aproximação com Flávio Dino (PC do B) no Maranhão. Avalia-se que Serra não pode subir num palanque cujo candidato declara voto para Dilma.

No Distrito Federal, os tucanos delegaram a Maria de Lourdes Abadia a tarefa de montar um palanque sem Joaquim Roriz (PSC). Ela quer o Senado, mas, se não houver alternativa, pode virar cabeça da chapa para dar palanque a Serra.

DEM

O presidente do DEM, Rodrigo Maia, disse pelo telefone a Roseana Sarney (PMDB) que, depois do ocorrido em Santa Catarina, não tem como evitar que os “demos” retirem o apoio à sua reeleição no Maranhão. Ela protestou: “Mas eu que vou ter de pagar esse preço?”. E Maia: “Cobra do PMDB”.

5 Comentários para “Fichas-sujas abalam mais palanque de Serra”

  1. 1
    MENAHEN - IMPERATRIZ:

    Décio, gostei da atitude do Rodrigo Maia!!! Afinal, se o PT-PMDB é a aliança prioritária, dentro do arco lulista-dilmista, por que o PSDB, DEM., PPS, PTB(e agora, Manoel Ribeiro e P. Fernandes, pedirão votos a quem??) precisam fugir do tom???

    Aliança prioritária é aliança prioritária em qualquer lugar!!! Por isso, não se espante se o Lula forçar o PCdoB e o PDT a saírem das naus jackista e dinista em prol do projeto nacional de Dilma da Silva Lula Rousseff!!! Resultado: se ainda houvesse a verticalização, o PPS e o PSDB, assim como o DEM. e o PTB teriam que se juntar aqui no Estado, ou, na pior das hipóteses, lançar chapas camarão, sem cabeça de chapa!!!

    Ora, não foi o Sarney e a sua tão adorada filha que quiseram a adesão petista?? Agora, vão ter que se conformar com a perda do DEM., o qual sempre foi aliado histórico aqui no Maranhão!! O DEM. local, por outro lado, também perderá alguma coisa, podendo, inclusive, não reeleger o Clóvis Fecury e a Nice Lobão para federal e diminuir a bancada estadual!!!

    Porém, é o preço a pagar para acomodar o PT e preencher o resto da chapa majoritária com o PMDB!!!

  2. 2
    MENAHEN - IMPERATRIZ:

    Décio, e o DEM. local, como ficará nesse caso?? Romperá mesmo com o Grupo Sarney?? Terá que se aliar aos Tucanos na proporcional???

    Afinal, se o PT e o PMDB são aliados prioritários, por que o mesmo não pode ocorrer com o DEM., PSDB, PPS e PTB??? Só por que a Roseana quer o apoio democrata??? Ora, aliança prioritária é assim mesmo em qualquer lugar!!!

    Ah, sim, por que vc não falou que o PTB decidiu por Serra, embora eu admita que tenham liberado os dilmistas??? E no que isso poderá repercutir aqui no MA???

    Resposta: Não sei. Eles estão se ajeitando.

  3. 3
    SERRISTA DE CORACAO:

    Decio tu inventa cada uma. Só voce mesmo pra criar factoides. Muda o tom cara. Essa materia nao tem nada a ver, é pura criaÇao sua.

    Resposta: A matéria é da Folha de S. Paulo.

  4. 4
    SERRISTA DE CORACAO:

    Decio posta essa materia do Jose Serra no Roda Viva da TV Cultura neste sábado passado:

    Serra sobe o tom e volta a acusar governo Lula de lotear cargos
    19 de junho de 2010 • 21h16 •
    MARCELA ROCHA
    Direto de São Paulo
    Em entrevista ao programa Roda Viva da TV Cultura, gravado na noite deste sábado (19), o candidato do PSDB à presidência da República, José Serra, voltou a atacar o loteamento de cargos da máquina pública, apontando os Correios e a Fundação Nacional de Saúde, como exemplos de instituições cujo mau funcionamento é causado pela divisão dos cargos com partidos políticos. “Eu nunca ficaria mantendo uma diretoria dos Correios evidentemente incompetente”, afirmou.
    O tucano criticou ainda, logo no início da entrevista, o “troca-troca” feito entre os partidos. Segundo ele, é possível governar sem “loteamento de cargos que está sendo feito”. “Eu nunca pegaria um governo para entregar agências para partidos”, garantiu Serra.
    Vice
    Sobre a indicação do vice em sua chapa, José Serra negou que haja pressões e descontentamento de partidos de sua base aliada para que o nome seja logo divulgado. Ele ressaltou que a legislação dá um prazo até dia 30 de junho para que isso aconteça, acrescentando achar natural a curiosidade dos jornalistas, de uma maneira geral, com o fato.
    Dossiês
    José Serra também criticou a indústria de dossiês em campanhas políticas. “Quando se tem adversários que sempre fazem isso, eles acham que você faz também”, afirmou o candidato sobre o suposto dossiê encomendado pela coordenação de campanha da adversária petista Dilma Rousseff contra ele e sua filha Verônica. No dossiê, segundo Serra, “tem coisas estúpidas, falsas e que são requentadas”, disse.
    “Eles (PT) têm blogs diretos ou alugados e ficam passando maluquices”, completou o tucano, que voltou a responsabilizar a petista Dilma Rousseff sobre o documento. Segundo ele, Dilma deveria se desculpar e afastar imediatamente os envolvidos.
    Lula
    O candidato tucano se defendeu da alta popularidade do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e não vê como ameaça os índices de aprovação do governo federal. “Se eu não tivesse convencido de que ganharia, eu não sairia candidato. Dá pra ganhar mesmo assim”, afirmou. Lula venceu Serra na eleição presidencial de 2002. Esta é a segunda vez que o tucano concorre à presidência.
    Ensino técnico
    Na entrevista, Serra voltou a falar sobre sua promessa de criar o Prouni para o ensino técnico: o Protec, anunciado pela manhã, durante convenção estadual do PTB. Ele prometeu criar bolsa de estudos para beneficiar jovens de classe média que desejam ingressar no ensino técnico.
    Pedágios
    O candidato tucano irritou-se quando questionado sobre a criação de pedágios em estradas federais. “Esse é um trololó petista que tem muito a falar sobre o Estado de São Paulo”, afirmou Serra, visivelmente irritado com a pergunta de Heródoto sobre os altos pedágios no Estado de São Paulo. Em relação às rodovias federais, “os pedágios começaram com Itamar e depois seguiram com o governo Lula”. “Se eu fizer vou fazer bem feito”, disse, para depois completar: “foi feito só para fazer propaganda e não de fato”.
    Banco Central
    Sobre a autonomia do Banco Central, o tucano reiterou críticas e voltar a afirmar que a instituição “não é a Santa Sé em lugar nenhum”. Serra lembrou a crise econômica mundial e alegou que a saída é sempre baixar os juros. “Quando tem uma crise como essa, vai tudo pra baixo, tem que baixar o juros. O BC brasileiro foi o único a manter os juros. Foi um comportamento curioso, é um objeto de curiosidade científica, vai ter tese de mestrado, doutorado sobre isso”.

  5. 5
    Roberto Carlos Sardinha Soares:

    DECIO, CASO O JACSON SEJA IMPEDIDO DE CANDIDATAR-SE O VICE PORTO TAMBEM FICA,( PERGUNTO).

    Resposta: Não.

Comentar

deixe seu comentário



Formulário de Busca


2000-2014 globo.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade