Formulário de Busca

Te cuida Edivaldo Holanda! PTC vai apoiar Dilma

qui, 01/07/10
por Décio Sá |
categoria Eleições

Brasília e São Luís – O Partido Social Cristão (PSC) anunciou ontem apoio à candidatura de Dilma Rousseff (PT) à Presidência da República. Segundo o vice-presidente do partido, pastor Everaldo Pereira, a prioridade do partido é eleger deputados federais. Segundo ele, a coligação com o PT vai ajudar o PSC a eleger mais deputados. O PSC tem 30 candidatos a uma vaga na Câmara.

Edivaldo Holanda: sob risco

Edivaldo Holanda: sob risco

A convenção do PSC ocorreu no dia 14, mas a decisão foi oficializada somente nesta quarta. Participaram do anúncio os presidentes do PMDB, Michel Temer, e do PT, José Eduardo Dutra. Com a adesão do PSC, Dilma Rousseff ganha mais 20 segundos no horário eleitoral gratuito. O PSC possui uma bancada de 16 deputados federais e um senador. O partido havia decidido apoiar a candidatura de José Serra (PSDB), mas mudou de opinião nos últimos dias.

Nesta terça (29), o pastor Everaldo foi recebido pelo ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, e pelo líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP). Durante o encontro foi combinado o apoio do PSC à candidatura de Dilma.

O PT trabalha para conseguir o apoio dos chamados “partidos nanicos”. Com menos candidatos disputando a presidência, o PT avalia que aumentam as chances de Dilma Rousseff vencer a eleição ainda no primeiro turno.

Trabalhista Cristão

O Partido Trabalhista Cristão (PTC) realizou convenção nesta quarta-feira em Brasília e também decidiu apoiar Dilma Rousseff. O partido decidiu abrir mão da candidatura própria durante a convenção para coligar-se com o PT. “Não teremos candidatura própria. Aprovamos a coligação com o PT e vamos apoiar Dilma Rousseff. Foi uma decisão por unanimidade”, afirmou Divino Omar do Nascimento, presidente do PTC no Distrito Federal.

O PTC é o partido com a menor bancada na Câmara, com apenas dois deputados federais. O partido não tem representantes no Senado.

No Maranhão a legenda, presidido pelo deputado Edivaldo Holanda, está na coligação com PDT e PSDB em torno da candidatura do ex-governador Jackson Lago (PDT). Com a saída do PPS da aliança, ele ficou com a reeleição comprometida.

(Com informações do G1).

Comentar

deixe seu comentário



Formulário de Busca


2000-2014 globo.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade