Formulário de Busca

Plano da Petrobras confirma investimentos no MA

seg, 21/06/10
por Décio Sá |

Da Folha.com e Valor Econômico:

São Paulo – A Petrobras anunciou nesta segunda-feira um plano de investimentos que deve aportar US$ 224 bilhões entre este ano e 2014, nas áreas de exploração e produção (54% do total), além de Refino, Transporte e Comercialização (30%). A maior parte do capital previsto (95%) deve ser aplicado no mercado doméstico.

O plano de negócios anterior (2009-2013) previa investimentos de US$ 186,6 bilhões. Houve um acréscimo de US$ 31 bilhões no segmento de novos projetos (com foco no segmento de exploração e produção), além de acertos em função de reajustes de custos e de alteração na participação societária.

Lula, Roseana, Lobão e Dilma durante lançamento da refinaria em Bacabeira

Lula, Roseana, Lobão e Dilma durante lançamento da refinaria em Bacabeira

O novo plano de negócios, aprovado hoje pelo Conselho de Administração da companhia, leva em conta uma meta de produção de 3,9 milhões de barris de petróleo/dia em 2014. Em 2009, o ritmo de produção foi de 1,9 milhão de barris/dia.

Somente a área de exploração e produção deve receber aportes na casa dos US$ 118,8 bilhões até 2014, um aumento de 14% em relação ao orçamento previsto no plano de negócios anterior.

“Os recursos serão destinados para garantir a descoberta e apropriação de reservas, a maximizar a recuperação de petróleo e gás nas concessões em produção, além de desenvolver a produção do pré-sal da Bacia de Santos e intensificar o esforço exploratório nas outras áreas do pré-sal em em novas fronteiras do Brasil e no exterior”, diz a diretoria da Petrobras, no comunicado oficial.

Pré-sal

Ainda de acordo com o comunicado, o incremento na produção será sustentado pela exploração das áreas tradicionais de exploração (“o pós-sal”), mas o plano também contempla a futura exploração das áreas do pré-sal, “que devem ter maior participação na curva de produção no período pós-2014″.

Para a exploração do pós-sal, a Petrobras prevê aportes de US$ 75,2 bilhões até 2014, sendo a maior parte (67%) para desenvolvimento da produção. Já no caso do pré-sal, os investimentos previstos são de US$ 33 bilhões – também nesse caso, o aumento da produção deve receber a maior parte (83%) dos recursos orçados.

Refino

O segmento de refino, transporte e comercialização vai receber investimentos de US$ 73,6 bilhões até 2014. Foi mantida a estratégia de expandir a capacidade de refino, buscando o equilíbrio com o crescimento da produção de petróleo da Petrobras, adequando o parque de refino para atender aos níveis de qualidade de produtos requeridos pelo mercado, afirma a companhia.

Além da ampliação de unidades existentes, estão previstas no plano a entrada em operação da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, das Refinarias Premium I (Maranhão) e a primeira fase do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), que teve seu projeto básico alterado com a inclusão de uma refinaria com capacidade de processar 165 mil barris de petróleo por dia, para produção, principalmente, de diesel.

Com esses investimentos, a Petrobras terá uma capacidade de refino de 2,260 milhões de barris por dia em 2014, um aumento de 23,4% em relação à capacidade atual, de 1,831 milhão de barris por dia. No mesmo período, a demanda de combustíveis deverá crescer 21,9%, passando dos atuais 1,933 milhão de barris para 2,356 milhões de barris.

Após 2014, estão previstas a segunda etapa do Comperj, com capacidade de 165 mil barris por dia para a produção de produtos petroquímicos básicos, e a refinaria Premium II (Ceará). Com isso, a Petrobras espera processar 3,2 milhões de barris em 2020, ante um consumo esperado de 2,8 milhões de barris.

Leia aqui a íntegra do plano de investimentos da Petrobras.

Calvet, é o povo que quer!

seg, 22/02/10
por Décio Sá |
categoria Política local

Calvet assume na ALO título acima é fruto de uma brincadeira de jornalistas nesta segunda-feira na Assembleia por conta da via crucis que foi a ascenção do ex-prefeito de Bacabeira Reinaldo Calvet (PSL) à vaga do deputado licenciado Hélio Soares (PP). “O que posso garantir a todos os maranhenses é que, enquanto estiver nesta Casa, honrarei meu mandato e trabalharei, juntamente com os colegas deputados, pelo desenvolvimento do Estado”, afirmou o deputado durante o seu pronunciamento.

Calvet (na foto fazendo o juramento) agradeceu familiares, amigos, correligionários e fez um breve histórico da sua carreira política que, segundo ele, está sendo coroada com o exercício do mandato de deputado estadual. Ao lembrar do pai e da mãe, em diversos momentos, o ex-prefeito chegou a se emocionar.

“Tenho quase 30 anos de vida pública. Comecei como líder comunitário no povoado de Bacabeira. Com a ajuda de políticos como o deputado Raimundo Leal e o presidente José Sarney, trabalhei muito pela emancipação deste povoado e fui o primeiro prefeito da cidade de Bacabeira. Como deputado, darei minha contribuição para que Bacabeira, esta cidade que irá se tornar mais grandiosa em função da refinaria Premium, se desenvolva e o seu povo tenha novas oportunidades”.

Aos adversários políticos, mandou recados diretos. “Os que hoje, comem do fruto, nunca ajudaram a regar a plantinha. Não viram Bacabeira surgir. Tentaram, de várias maneiras, impedir que eu assumisse este mandato. Mas a justiça foi feita e, hoje, de forma legítima, assumo com muito orgulho e responsabilidade o cargo de deputado estadual garantindo que trabalharei para contribuir com o desenvolvimento do meu querido município.”

Vários deputados fizeram questão de saudar Reinaldo Calvet e desejar a ele muita sorte. “Calvet é um político experiente e responsável. Nos conhecemos há vários anos. Sei da sua competência e tenho certeza que ele desempenhará um grande papel como deputado”, afirmou Edivaldo Holanda (PTC).

Carlos Alberto Milhomem (DEM) também fez questão de saudar o mais novo integrante do parlamento estadual. “Esta Casa fica muito honrada em receber um político como o Reinaldo Calvet”.

(Com informações da Agência Assembleia e foto de Racciele Olivas).

Aleluia! Calvet assume segunda-feira

sex, 19/02/10
por Décio Sá |
categoria Política local

calvet 190210O ex-prefeito do município de Bacabeira Reinaldo Calvet (PMDB) toma posse na segunda-feira (22), na Assembleia Legislativa. Ele substitui o deputado Hélio Soares (PP) que tirou licença de 121 dias para tratamento de saúde.

Calvet (foto) deveria ter tomado posse hoje (quinta-feira, 18). Mas o presidente da Assembleia, Marcelo Tavares (PSB), informou ontem que o ex-prefeito só será empossado depois que a licença do deputado Hélio Soares (PP) for publicada no Diário Oficial da Assembleia.

Para Calvet, seu mandato será voltado para defender as ações do governo do Estado em todas as esferas da administração, assim como seus projetos em benefício do povo do município de Bacabeira, onde ele foi prefeito entre 1996 e 2004.

O ex-prefeito foi impedido de tomar posse por força de notificações encaminhadas à Assembleia Legislativa pela Procuradoria Regional da República, e pela representação do Ministério Público Estadual na Comarca do município de Rosário.

Na notificação, o MP informou ao presidente da Casa que o peemedebista estava com os direitos políticos suspensos, com condenação por improbidade administrativa, já transitada em julgado.

No dia 11 deste mês, ele garantiu a posse através do Tribunal de Justiça. A desembargadora Nelma Sarney cassou decisão da Justiça de Rosário que havia determinado trânsito em julgado de um processo que o tornava inelegível. Nelma Sarney entendeu que o recurso foi protocolado dentro do prazo legal.

(Assembleia Legislativa).

Notas rápidas – visita de Lula

sáb, 16/01/10
por Décio Sá |
categoria Política local

Os “malas” de Lula
Um dos pontos negativos da visita de Lula ao Maranhão foi a segurança e a própria assessoria de imprensa da Presidência da República. Ao contrário do chefe, os auxiliares do petista trataram todo mundo mal, de forma grosseira e desrespeitosa. Isso aconteceu principalmente porque não colocaram ninguém do Maranhão. Em Bacabeira, num total desrespeito, quiseram até revistar o secretário Raimundo Cutrim (Segurança). Cutrim não aceitou a humilhação, deu meia volta e não participou da solenidade. Outro caso aconteceu com o deputado federal Pedro Fernandes (PTB). Ao constatar que seu nome não estava na relação das autoriades e com dificuldade para entrar no local, também deu meia volta e retornou para São Luís. O deputado agora pode dar o troco nas votações no Congresso. Na minha opinião, Cutrim e Pedro Fernandes agiram corretamente.

Os “malas” de Lula 2
Uma tal de Vanessa, da assessoria de imprensa, só faltou querer me proibir de olhar para o presidente. Durante a entrada dos repórteres na solenidade, por conta do rigoroso sistema de detecção de metais, uma jornalista local teve de dizer que tinha um piercing nas partes íntimas para poder ter sua entrada liberada, apesar de estar credenciada pela própria Presidência da República. Vou jogar uma praga para esse pessoal: vão trabalhar com o mau humorado José Serra (PSDB-SP)!

Os “malas” de Lula 3
Enquanto dificultava o acesso de autoridades e tentava atrapalhar o trabalho dos jornalistas, a assessoria do presidente não cuidou do básico. A internet na sala de imprensa não funcionou. Pior: uma parte da estrutura do evento desabou. Por sorte, ninguém saiu ferido. Já o telão colocado no local do evento tinha uma imagem tão ruim que era difícil até reconhecer quem era Lula entre as autoridades.

Penaldon LulaExemplo
Já o presidente deu vários exemplos de humildade. No Hotel Pestana carregou crianças no colo. No jantar no Palácio dos Leões chegou a subir em uma cadeira para tirar foto ao lado de um garçom muito mais alto que ele. Na saída, mandou parar o carro, desceu e cumprimentou as pessoas próximas ao prédio. Em Bacabeira, tirou fotos praticamente com todos os políticos presentes. Deixou até o deputado Penaldon Moreira (PSC) “montar” em seu ombro (na foto de Biaman Prado, de óculos escuro na camisa azul).

Puxão de orelhas?
Quem não apareceu no lançamento da pedra fundamental da Refinaria Premium 1 foram o prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB), e o presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Tavares (PSB). Os dois estavam na programação oficial do evento. Pelo menos Castelo deve ter pego um puxão de orelhas da cúpula nacional do PSDB. Ele vem usando até imagens com Lula em comerciais da prefeitura na televisão.

PSDB em parafuso
Um pouco antes da chegada de Lula a Bacabeira recebi a ligação de um assessor da direção nacional do PSDB. Queria saber da “inauguração” da segunda ponte sobre o Estreito dos Mosquitos pelo presidente. Como se sabe, a obra foi iniciada no governo Fernando Henrique (PSDB) e concluída no de Lula. A “inauguração” a que se referiu o blog foi durante a passagem da comitiva presidencial sobre a obra. Tive de explicar que o presidente não ia parar para inaugurar a ponte. Apenas passar sobre ela. O PSDB estava doido para tentar criar um factóide eleitoral no TSE com o fato.

Em campanha
O prefeito de Rosário, Marcone Bimba, não perdeu a oportunidade. Durante o evento não se cansava de defender o nome do colega Luis Fernando Silva (São José de Ribamar) para compor a chapa de vice da governadora Roseana Sarney. Falou ao lado do vice-prefeito Gil Cutrim, que ria de orelha a orelha diante da possibilidade de vir assumir a prefeitura ribamarense.

Refrões
Como já está virando tradição nestes eventos, um grupo de estudantes fez a diferença animando os presentes. Entoaram vários refrões. “Eu já falei/Vou repetir/É Dilma lá/E Roseana aqui”.”Ei, ei, ei … Sarney é nosso rei”, cantavam.

Companheiro
Coube ao presidente do Senado, José Sarney, pegar o presidente eleito do PT do Maranhão, Raimundo Monteiro, pelo braço e levá-lo até o presidente Lula para um rápido bate-papo.

Balaio perdido
O prefeito-balaio de Santa Rita, Hilton Gonçalves, estava feliz no palco principal do evento ao mesmo tempo em que tinha um olhar meio perdido apontado para a multidão. Saudades de Jackson Lago?

Afrodescendente?
A prefeita-balaia de Paço do Lumiar, Bia Venâncio, estava como um vestidão tão colorido, mais tão colorido, que ficou parecendo uma mãe-de-santo.

“Estamos realizando um sonho”, diz Sarney

sáb, 16/01/10
por Décio Sá |

Lula e Sarney Bacabeira 2O presidente do Senado, José Sarney, disse ontem ao presidente Lula que a “Refinaria de Bacabeira não é Premium, é um prêmio que o senhor está trazendo para o nosso estado”. Segundo ele, ontem não foi um dia histórico, mas “um dia na história do Maranhão”, a exemplo de sua fundação e da adesão à Independência do Brasil.

Mostrando-se emocionado e segurando as lágrimas, Sarney declarou que o empreendimento era a maior “prova de amor” que o presidente estava dando ao Maranhão. “Dizem que velho só conta historia, entao eu também aqui vou contar a minha”. “ao longo dos anos, a vida me ensiou que é melhor ouvir mais e falar menos.”

Sarney disse ter orgulho da filha governadora e do ministro Edison Lobão, aliado político há 40 anos. “Nesse tempo, só encontrei de sua parte competência, trabalho e lealdade. Já trabalhei com muita gente e nem preciso dizer com quantos trabalhei. Presidente, só espere do Lobão a dedicação, a lealdade e o trabalho”, destacou.

O presidente do Senado também elogiou a ministra Dilma Rousseff que, em seu discurso, afirmou ser Lula “de fato o cara”, em referência a uma declaração feita no ano passado pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. “A Dilma é ‘a cara’ do cara”, brincou Sarney destacando a “competência” da aliada.

Em um resgate histórico de como o Maranhão conseguiu ter implantado uma refinaria deste porte, ele lembrou que tudo começou há 40 anos quando assumiu o governo. “Essa região não tinha um metro de asfalto, só tinha uma casa, o comércio do Calvet. Santa Rita era um acampamento”, disse.

Sarney contou que nessa época olhava a Baía de São Marcos e via, através de sonhos, apenas o Porto do Itaqui. Disse ter comprado as primeiras estacas para a construção da obra durante seu governo na década de 1960. “Comecei a sonhar com a siderurgia, com isso tudo, e o senhor [Lula] vem realizar este sonho”, assinalou, emocionado.

O presidente do Senado afirmou ter sido um dos primeiros políticos a apostar no sucesso de Lula, principalmente na área social. Sarney pediu ao presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli, que não se preocupasse com os desafios que a obra imporá ao estado “porque o maranhense está acostumado a desafios”.

Ele também aproveitou para fazer um desabafo em relação às críticas que sempre recebeu em nível nacional e local de seus opositores. “Não disputo uma eleição no Maranhão há 30 anos, mas sempre sou responsabilizado pelo inverno que chove e pelo que não chove.”

(O Estado do Maranhão).

Lula: ‘Ninguém ensina gostar de povo. Isso vem da alma’

sáb, 16/01/10
por Décio Sá |

Sarney e Lula Bacabeira 150110aUm dos momentos mais marcantes onem em Bacabeira  foi a comparação que o presidente Lula (com Sarney na foto de Biaman Prado) fez entre o sentimento de uma mãe e o que é governar. Para tanto usou o exemplo da própria genitora, Dona Lindu. Ele contou que como sua família era muito podre ela, quando o almoço era carne, batia no “desgraçado do bife” com objetivo de esticá-lo ao máximo. Depois dividia igualmente. “E não adiantava o Lula, porque era o caçula, ficar fazendo dengo, achando que ia ganhar mais, não. A mãe dá o mesmo pedaço (para todos os filhos). Ninguém vai comer dois se não tiver dois para todo mundo.”

Partindo desse princípio, Lula assegurou que “governar é ter a sabedoria de um pai, de uma mãe, de um coração”. “Aquilo que a gente aprende na faculdade é bom para algumas coisas. Ninguém ensina a gente gostar de povo. Isso vem da alma. A gente olhar na alma de um companheiro e ver seu drama, não tem escola, curso para isso. Essa química só aprende quem tem sentimento no coração”, disse (clique abaixo e ouça).

E completou: “Sarney não tenha medo de chorar de público. Um dos sentimentos mais puros que o ser humano pode ter é dizer que ele está emocionado”.

Na sequência do discurso o presidente declarou que, curiosamente, apesar de não ter tido estudo, foi o governante que mais investiu em universidades no país, 13 ao todo. Contou que esta semana sancionou a lei que institui a Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila).

Também lembrou que teve de brigar com a Petrobras para construir refinarias no Nordeste com objetivo de levar o desenvolvimento econômico também para essa região do país. Ao todo, o Governo Federal vai investir R$ 90 bilhões em cinco unidades localizadas no Maranhão, Ceará, Pernambuco e Rio Grande do Norte.

Veja vídeo institucional da refinaria de Bacabeira

sex, 15/01/10
por Décio Sá |

A Petrobras produziu um vídeo sobre a Refinaria Premium 1 em Bacabeira. Foi este vídeo que o presidente da empresa, Sérgio Gabrielli, colocou na urna que representou a pedra fundamental do empreendimento, conforme já relatado em post abaixo. Clique e veja:

Lula lança pedra fundamental de refinaria no MA

sex, 15/01/10
por Décio Sá |

refinaria premium 3

Lula mostra cópia das licenças ambientais/Foto: Ricardo Stuckert

Acabo de chegar de Bacabeira onde o presidente Lula lançou a pedra fundamental da Refinaria Premium 1 da Petrobras. Teve de tudo no evento. A ministra Dilma Roussef (Casa Civil) disse que o presidente “é de fato o cara”  por conta de sua decisão de construir refinarias no Nordeste com objetivo de “espraiar”, como afirmou ontem Lula, o desenvolvimento pelo país.

Emocionado e dizendo estar realizando um sonho, o presidente do Senado, José Sarney, completou a declaração de Dilma afirmando que ela era “a ‘cara’ do cara (Lula)” devido a “competência” com que toca a Casa Civil. Já Lula afirmou ter sido “cantado” por Roseana no palco do evento no sentido de insatalar um Ifet (ex-Cefet) em Bacabeira.

O momento mais emocionante da solenidade foi quando o presidente pediu um minuto de silêncio pelas vítimas no Haiti, notadamente os “heróis” (soldados) brasileiros mortos na tragédia e também a presidente da Pastoral da Criança, Zilda Arns.

A pedra fundamental, na verdade, era um baú onde as autoridades depositavam objetos de sua preferência para simbolizar aquele momento. O presidente depositou cópias das licenças ambientais para o início das obras, Roseana uma cópia da revista Maranhão Industrial, Sarney uma peça de artesanato do município, Lobão cópia do projeto da refinaria, o ministro Alexandre Padilha (Relações Institucionais) um exemplar da edição de hoje do jornal O Estado Maranhão, Dilma uma mostra do solo local, Sergio Gabrielle, presidente da Petrobras, um vídeo institucional sobre o empreendimento, e o prefeito Venancinho (Babaeira) uma foto do primeiro furo da sondagem feita no terreno. O baú foi lacrado por Gabrielle e só será aberto quando da inauguração da refinaria.

Depois de todos os discursos e tirar foto praticamente com toda classe política, o presidente, Roseana, Lobão e Dilma subiram no trator que fez a raspagem do terreno simbolizando o início dos serviços de terraplanagem. “Começamos aqui uma nova fase da história política do Maranhão”, afirmou Lula.

Daqui a pouco mais informações.

Lula e Dilma: “Refinaria é fundamental para o Brasil”

sex, 15/01/10
por Décio Sá |

Ministra e presidente estão em Bacabeira

Ministra e presidente estarão em Bacabeira

Em entrevista exclusiva à TV Mirante, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a ministra Dilma Roussef (Casa Civil) destacaram a importância que a construção da Refinaria Premium em Bacabeira terá para toda essa região brasileira. “Eu penso que é um investimento de envergadura sem precedentes no Norte e Nordeste”, disse Lula. “Ela é imprescindível não só para o Maranhão, mas fundamental também para o Brasil”, completou Dilma. As entrevistas foram realizadas pelo jornalista Roberto Fernandes e exibidas no programa “Bom Bia Mirante”.

Lula lembrou que o empreendimento, onde serão investidos R$ 40 bilhões, vai criar 30 mil empregos diretos e 130 mil indiretos. A primeira etapa vai estar funcionando em 2013 quando a refinaria estará processando 300 mil barris/dia. Já na segunda etapa, em 2016, a produção alcançará os 600 mil barris/dia.

“O importante é que nós estamos espraiando o desenvolvimento pelo país porque senão ficamos promovendo desenvolvimento só no Sul e Sudeste e esquecendo o Norte e Nordeste. Os investimentos, quando levados para todos os estados, temos um Brasil mais justo, com distribuição mais equânime, e melhorando de forma igual”, declarou o presidente.

Ele disse que o objetivo é fazer o país exportar derivados de petróleo de qualidade e não apenas óleo bruto. Lula afirmou que o empreendimento é importante porque atrairá novas empresas para o Maranhão, com a possibilidade, inclusive, da criação de um polo petroquímico em torno de Bacabeira. “O Maranhão teve o primeiro momento com o porto (do Itaqui), o segundo com o alumínio, e agora o mais vigoroso que é a construção da refinaria”, avaliou.

“Cabeça de ponte”

Na entrevista, Dilma Roussef destacou o fato da obra ser moderna ambientalmente permitindo ao país colocar os produtos com mais qualidade principalmente na Europa e Estados Unidos. Ela lembrou ainda que a posição geográfica do Maranhão perante a esses mercados vai facilitar a exportação dos derivados de petróleo.

“Vai ser uma refinaria extremamente moderna que poduzirá derivados de extrema qualidade, com baixo enxofre, numa época que mais se cobra pela preservação do meio ambiente.  O Maranhão vai estar na liderança nessa área. A refinaria tem uma localização privilegiada. Vai servir como ‘cabeça de ponte’ para atingir os mercados europeu e americano”, garintiu a ministra.

Para ela, o projeto é irreversível “para todos aqueles que tiverem compromisso com o Brasil, com o crescimento da Região Nordeste, que tenham o mesmo compromisso do governo do presidente Lula”.

Lula deve desembarcar nesta quinta em São Luís

qua, 13/01/10
por Décio Sá |

Operários preparam palanque em Bacabeira. Foto: Douglas Jr.

Operários preparam palanque em Bacabeira. Foto: Douglas Jr.

Para desespero do ex-governador José Reinaldo (PSB), comandante da turma que vive agourando a instalação da Refinaria Premium da Petrobras em Bacabeira, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve desembarcar no início da noite desta quinta-feira em São Luís. Ele deve pernoitar na cidade.

O presidente virá acompanhado da ministra Dilma Roussef (Casa Civil) e do presidente do Senado, José Sarney. Lula deveria ficar hospedado na Ilha de Curupu, de propriedade da família do senador maranhense. Como no local não existe heliponto, a segurança presidencial desaconselhou a estada no local. Não está definido onde o presidente irá passar a noite. Pode ser em algum hotel ou até mesmo no Palácio dos Leões. Devido a tragédia no Haiti foi cancelado um jantar para a classe política local com a presença do presidente.

Na manhã desta quinta, diretores da Petrobras irão até Bacabeira acompanhar os preparativos para a visita do presidente à cidade na sexta. Durante todo dia de hoje operários armavam o palanque onde as autoridades farão seus discursos. Também nesta quinta pela manhã, no Hotel Luzeiros, o gerente da refinaria Adalberto Santiago Barbalho participará de uma entrevista coletiva de imprensa para dar detalhes do megaempreendimento de US$ 40 bilhões.

Em tempo recorde – apenas sete meses de uma previsão inicial de um ano – a Secretaria do Meio Ambiente (Sema) concluiu as primeiras licenças da obra. A Autorização de Supressão Vegetal tem o número 06/2010 e a Licença de Instalação de Infraestrutura e Terraplanagem, Sistema de Dutos e Outras Instalações é a de número 003/2010, ambas de 12 de janeiro deste ano. “Estou feliz da vida por dar resposta a muita gente que pensou que não conseguiríamos por conta do estado de abandono em que recebemos a secretaria”, comemora o secretário Washington Rio Branco.

Portanto, José Reinaldo, que já adquiriu uma grande área em Bacabeira para fazer especulação imobiliária, está convidado a assistir o nascimento do maior de todos investimentos já instalados no Maranhão.



Formulário de Busca


2000-2014 globo.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade