Formulário de Busca

Fábio Gentil pode ser indiciado pela Polícia Federal

sex, 09/04/10
por Décio Sá |

O líder do governo Humberto Coutinho na Câmara de Vereadores de Caxias, Fábio Gentil (PDT), e o assessor André  Nascimento Silva, foram liberados após quase seis horas de depoimento ao delegado da PF na cidade Ronaldo Prado. Eles foram ouvidos sobre o carregamento de 6.500 relógios que transportavam sem as devidas notas fiscais. De acordo com o delegado, se ficar comprovado que parte da carga é de oriunda de outro país, eles serão indiciados.

Fábio Gentil foi pego pela PF

Fábio Gentil foi pego pela PF

Fábio Gentil e André Nascimento foram detidos pela manhã quando recebiam quatro caixas com os relógios do motorista da empresa Transbrasil Cleyton Rocha. O ônibus saiu de Porto Franco (MA) às 7h30 e foi parado num posto da Polícia Rodoviária Federal, na BR-316, próximo a Caxias. Numa revista preliminar, nada foi encontrado. Desconfiados, os patrulheiros seguiram o veículo e próximo ao trevo que dá acesso aos municípios de São João do Sóter e Buriti Bravo, o motorista parou e retirou do ônibus quatro caixas. A encomenda foi levada por Cleyton para uma S-10 estacionada próxima ao local que estava sendo conduzida pelo vereador. O assessor também estava no carro.

O vereador, seu assessor e o motorista da Transbrasil foram detidos em flagrante e levados para prestar esclarecimentos. Durante os depoimentos, a sogra do pedetista, Tânia Maria, que seria dona de um comércio no Paraguai, mandou a nota fiscal da mercadoria. Das quatro caixas, a nota só batia com as marcas dos relógios de duas. Todo o material foi avaliado em R$ 60 mil.

De acordo com o delegado, as investigações vão continuar e o vereador, se comprovados os indícios de irregularidades na aquisição dos 6.500 relógios, poderá ser indiciado.

Tensão em Timon

Em Timon o clima foi tenso durante toda essa sexta-feira. Tudo por conta da presença de policiais federais na cidade. Eles ouviram várias pessoas, principalmente empresários. Para não chamar a atenção agentes e delegados se deslocavam em carros descaracterizados.

Nota: Post atualizado às 22h50.

PF detém aliado do Prefeito de Caxias

sex, 09/04/10
por Décio Sá |

Fábio Gentil foi pego pela PF

Fábio Gentil foi pego pela PF

Em primeira mão. A Polícia Federal em Caxias deteve hoje pela manhã para averiguações o vereador Fábio Gentil, filho do ex-deputado José Gentil.

Ele é o líder do governo na Câmara e um dos principais aliados do prefeito Humberto Coutinho (ambos do PDT).

 A prisão teria a ver com um suposto crime de contrabando praticado pelo vereador. Ele seria atravessador de uma parente que tem loja no Paraguai. Durante a ação os federais teriam apreendido milhares de relógios importados de maneira irregular.

O blog ligou para a PF na cidade, mas a informação dos agentes é que o preso está sendo ouvido pelos delegados e só eles poderiam prestar informações sobre o caso, o que deve ocorrer ainda hoje.

Daqui a pouco mais detalhes.

Nota: Post atualizado às 14h17 para acréscimo de informações.



Formulário de Busca


2000-2014 globo.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade