Formulário de Busca

Exclusivo: veja a relação dos acusados de desvios no Incra

dom, 27/02/11
por Décio Sá |

(11h30) O blog teve acesso ao nome de 38, dos 55 investigados na “Operação Donatário”, da Polícia Federal, que já identificou desvio de R$ 4 milhões no órgão nos últimos anos.

A relação é encabeçada pelo próprio superintendente afastado do instituto, Benedito Terceiro; do ex-superintendente e presidente do PT, Raimundo Monteiro; e o delegado da Polícia Civil Rubem Sérgio, ex-chefe da Deic (Delegacia Especial de Investigação Criminal), apontados pela PF como “chefes da teia criminosa”. “Não tinha como o esquema acontecer sem o conhecimento deles”, disse o superintende da PF no Maranhão, Fernando Segóvia, em coletiva na sexta-feira.

Consta da relação ainda o filho de Benedito Terceiro, Paulo Renato Pereira Pires, o Paulinho, apontado como “lobista”; o também “lobista” João Batista Magalhães, alvo da “Operação Astiages”, sobre a roubalheira na Prefeitura de Barra do Corda; o empresário João Manoel Gaudêncio da Silva, genro da ex-deputada Helena Heluy (PT); e a servidora da Incra Maria do Socorro Buhatem, ex-mulher do pistoleiro Joaquim Lauristo, assassinado numa emboscada em 2009.

De acordo com o apurado pelo blog, Helena Heluy ficou tão chateada com a suposta participação do genro na “teia criminosa” e do presidente do PT que não quis assinar um documento de petistas em favor de Monteiro. A interlocutores do partido, ela defendeu a apuração rigorosa das denúncias.

Todos os servidores do Incra denunciados na operação foram afastados de suas funções. Entre eles, o ouvidor agrário estadual, Rui Alcides, e o chefe da Divisão de Desenvolvimento de Assentamentos no Estado, Vicente da Silva.

No final do ano passado, foi pedida a prisão de todos os 55 investigados, mas a Justiça Federal no Maranhão negou. A PF está recorrendo ao TRF (Tribunal Regional Federal) da 1ª Região (Brasília) em relação a seis casos.

Ainda segundo apurou o blog, a PF encontrou uma arma na casa de Benedito Terceiro durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão. Como a arma estava registrada, ela não foi apreendida. À exceção de João Batista Magalhães, a PF fez busca e apreensão na casa ou escritórios de todos os investigados da relação abaixo:

1 – Benedito Terceiro – Superintendente
2 – Raimundo Monteiro dos Santos – Ex-superintendente
3 – Antônio Carlos Trinta Abreu – Servidor
4 – Antonio Vicente da Silva – Servidor
5 – Elmo Sousa Araújo – Servidor
6 – José Albino Silva Boueres – Servidor
7 – José Luís Costa Ferreira – Servidor
8 – José Ribamar Silva Costa – Servidor
9 – Leonísio Lopes da Silva Filho – Servidor
10- Raimundo Félix da Sousa Neto – Servidor
11- Reginaldo do Espírito Santo Ferreira – Servidor
12- Rui Alcides dos Santos – Servidor
13- Almerinda Ferreira Costa – Servidora
14- Leila Raquel Lima Pereira – Servidora
15- Maria do Socorro Sousa Buhatem – Servidora
16- Rubem Sérgio dos Santos – Delegado da Polícia Civil
17- Armando Pires Arruda – Servidor do Iterma
18- Walber Carvalho Braga – Servidor do Iterma
19- Josué Ferreira Carvalho – Presidente de Projeto de Assentamento (PA)
20- Mizael Amorim Pereira – Presidente de Projeto de Assentamento (PA)
21- Antonio Diniz Araújo – Empresário
22- Carlos Magno Rates Lobão – Empresário
23- Enivone da Silva Brasil – Empresária
24- Fernando Santana Rosa – Empresário
25- Francisco de Araújo Sales (“Chico Professor”) – Empresário
26- Francisco Matias da Silva (“Nego Chico”) – Empresário
27- João Manoel Gaudêncio da Silva – Empresário
28- José Paulino Rosa – Empresário
29- Luís Otávio Costa Silva – Empresário
30- Naísa Moura Araújo – Empresária
31- Osnir Rodrigues Fonseca (“Giba”) – Empresário
32- Reginaldo Macedo Ferreira – Empresário
33- Rosilene Correia Bezerra – Empresária
34- Carlos Henrique Fernandes Ribeiro – Lobista
35- Hebeth Macedo Ferreira – Lobista
36- Paulo Renato Pereira Pires – Lobista
37- Zenilton Virinal Ferreira – Lobista
38- João Batista Magalhães – Lobista.

Petistas divulgam manifesto em defesa de Monteiro

sáb, 26/02/11
por Décio Sá |
categoria Sem Categoria

Em defesa do companheiro Monteiro:

Nós, abaixo assinados, conhecedores da história de luta do companheiro Raimundo Monteiro, cuja vida é marcada pela defesa dos (a)s trabalhadores (a)s da cidade e do campo, estamos acompanhando a divulgação do desenrolar das investigações da Polícia Federal, noticiadas nesta última sexta-feira.

Defendemos que as instituições devem cumprir os seus papeis republicanos e que as investigações sejam feitas de forma a respeitar as garantias fundamentais de qualquer cidadão no Estado de Direito Democrático, e que se destinem a identificar, unicamente, a verdade. Não tememos a verdade, nem o combate à corrupção.

Conhecemos o companheiro Monteiro, a sua honestidade e honradez, comungamos dos seus ideais de luta em defesa dos menos favorecidos e, por isso, sabemos que nada será comprovado contra ele.

Ao longo da sua história, Monteiro exerceu diversos e importantes cargos na vida pública. Antes de ser superintendente do INCRA/MA, foi presidente e fundador do Sindicato dos Servidores Públicos Estaduais e da CUT Estadual, por dois mandatos, e, atualmente, exerce a Presidência do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores. A história do companheiro Monteiro, sempre marcada pela defesa da classe trabalhadora, exige que as investigações sejam isentas e não utilizadas para atingir a sua pessoa e o PT, transformando-se em discurso político com o qual não compactuamos e não aceitamos, aonde, independente da verdade dos fatos, primeiro se condena, para depois se investigar.

À frente do INCRA, Monteiro se dedicou à reforma agrária, sendo um defensor incansável da melhoria das condições de vida dos (as) trabalhadores (as) assentados(as), acampados(as) e sem terra. Como Superintendente, foi responsável pela ampliação dos assentamentos no Maranhão, obtendo destaque dentre os demais estados do Brasil. Também, realizou ações de melhorias de infraestrutura dos assentamentos, tendo, inclusive, implantado um serviço de assistência técnica em parceria com as organizações dos trabalhadores.

Defender o companheiro Monteiro, portanto, é defender a justiça, a honestidade e as causas sociais nas quais sempre se pautou a sua trajetória, ao longo de mais de 30 anos de vida pública irrepreensível. Basta que se investigue, com respeito ao Estado Democrático de Direito, que se comprovará o que já sabemos: contra o companheiro Monteiro nada há que desabone sua conduta e muito menos permita um pré- julgamento político, moral e criminal.
 
Confiamos que a análise de sua história de vida, da sua conduta e do seu patrimônio material demonstrará que Monteiro jamais poderia participar nem ser “mentor” ou “cabeça” de qualquer organização criminosa, como tem sido noticiado, o que representa uma terrível (e nefasta) tentativa de execração pública, que repudiamos, veementemente.
        
São Luís, 26 de fevereiro de 2011
 
Alcides – Diretor do Sinproessema, DM de Chapadinha
Ana Maria Araújo Castro -Secretária de Formação Política do SINDSEP
Angela Maria Sousa -Presidenta do SINDSEP
Antônio Erismar – Vice-Prefeito de Açailândia
Bernardo Sousa – Presidente DM de Brejo
Carlos André Costa – DM de Araioses
César Soares – Secretário de Finanças do DM de Pinheiro
César Carneiro – Dirigente estadual do PT, DM de Pedreiras
Cecília Aparecida Amim Castro – Dirigente estadual do PT, DM de São Luís
Cleinaldo Castro Lopes – Presidente do SINTSEP-MA
Edmilson Carneiro – Secretário de Relações Institucionais do PT-MA, DM de Vargem Grande
Evandro Sousa – Dirigente Estadual, DM de Presidente Dutra
Felipe Sodré – Presidente do DM de Pinheiro
Fernando Magalhães – Secretário Geral do PT-MA, DM de São Luís
Fernando Pereira -Secretário de Finanças do STIU-MA e Dirigente da FNU
Fernando Silva – Presidente do PT de São Luís
Fransuila das Chagas – Vereadora do PT em Balsas
Henrique Sousa – Dirigente do DM de São Luís
Jarliene Mendes – Dirigente estadual do PT, DM de Cândido Mendes
João da Eletrônica – Dirigente estadual do PT, DM de Pedreiras
João Silva – Dirigente Estadual do PT, DM de Balsas
Joãozinho Rios – DM de Caxias
José do Carmo – Presidente do STIU-MA
José Inácio Rodrigues – Secretário de Desenvolvimento Agrário do PT, DM de Bequimão
Josélia Maria de Alencar Nogueira-Vice-Presidenta do SINTSEP
Jucelina Ramos Vale -Diretora Executiva do SINTSEP e da CUT
Mariana Nascimento – Dirigente estadual do PT, DM de São Bernardo
Gilvan Alves – Ex-vereador, DM de São Bernardo
Maria da Graça - Presidenta do DM de Balsas
Luciene Chaves Mendonça Martins – Secretária Geral da CUT
Juvenal Neres – Dirigente Municipal do PT, Secretário-Adjunto de Assistência Social de Chapadinha
Maria Coelho – Dirigente Estadual do PR, Diretora do Sinproessema, DM de Chapadinha
Francisco das Chagas Costa – Presidente DM de Araioses
Jomafre Araújo Braga – Sindicato dos Servidores Públicos, DM de Araioses
José de Anchieta Sobrinho – DM de Araioses
José Carlos Viana Silva – Secretário-Adjunto de Cultura de Brejo, DM de Brejo
Mundico Teixeira – Secretário de Finanças do PT-MA, DM de Caxias
Masinho – Dirigente Estadual do PT-MA, DM de Santa Inês
Ney Jeferson – Presidente do DM de Caxias
Nivaldo Araújo – Presidente da CUT-MA
Normando Araújo dos Santos – Secretário Jurídico do SINDSEP
Paulo Romão – Dirigente Estadual do PT, DM de São Luís
José Ribamar Lima – Presidente do DM de Chapadinha, Secretário Municipal de Trabalho
Luiz Eduardo Braga – Secretário de Assistência Social de Chapadinha
Professor Abel – Dirigente municipal, DM de Sítio Novo
Raimundo Pereira de Souza – Vice-Presidente da CUT
Robert Lobato – Dirigente Estadual, DM de São Luís
Roberto França - Presidente do DM de São João dos Patos
Rodrigo Comerciário – Dirigente Estadual do PT, DM de São Luís
Rogério do PT - Dirigente Municipal, DM de Pedreiras
Socorro Lago – Secretária de Movimentos Sociais e Populares do PT-MA, DM de São Luís
Valter César Dias Figueiredo – Secretário Geral do SINDSEP
Vâner João Almeida – Secretário Geral do STIU-MA.

A estranha posição do PT

ter, 01/02/11
por Décio Sá |
categoria Sem Categoria

Está muita estranha a posição do PT nesta eleição da Assembleia. O partido tem três deputados: Francisca Primo, José carlos da Caixa e Bira do Pindaré. Os três se alinharam ao “bloquinho”, que não segue a orientação do Palácio dos Leões.

Enquanto isso, o vice-governador Washington Luiz Oliveira está viajando e o presidente da legenda, Raimundo Monteiro, está por aí brincando em algum bloco pré-carnavalesco.

É tradição no PT esses assuntos serem discutidos. O grupo do vice-governador tem ampla maioria e poderia muito bem posicionar quando acontece este tipo de disputa. Poderia aprovar uma resolução dando orientação no sentido do alinhamento da bancada em torno do candidato do governo.

Mas parece que Washington e Raimundo Monteiro não estão muito interessados nisso.

Afinal, o PT é ou não é governo.

Petistas se reúnem com Sarney no Senado

dom, 13/06/10
por Décio Sá |
categoria Eleições

Sarney e petistas devem se encontrar novamente em São Luís esta semana

Sarney e petistas devem se encontrar novamente em São Luís esta semana

O presidente do Senado, José Sarney, recebeu sexta-feira, em seu gabinete, um grupo de petistas comando pelo presidente da legenda, Ramundo Monteiro. Numa conversa animada, eles trocaram impressões sobre a reunião do Diretório Nacional do PT que homologu o apoio do partido à governadora Roseana Sarney (PMDB). Entre outros, estiveram no encontro os secretários José Antonio Heluy (Trabalho), Edmilson Santos, o ex-deputado Washington Luiz, Joab Jeremias, Mundico Teixeira, Rodrigo Comerciário e Evandro Sousa. Sarney deve voltar a conversar com os “companheiros” esta semana em São Luís.

A respeito do assunto, vale a pena repetir o que o presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, disse sobre os dissidentes da legenda, segundo informou a coluna Panorama Político, de O Globo, reproduzida em O Estado Maranhão deste domingo. “Esse pessoal que apoia Flávio Dino (PCdoB) para o governo há dois apoiou João Castelo (PSDB) para a Prefeitura de São Luís.”

PT Nacional decide apoio a Roseana Sarney

sex, 11/06/10
por Décio Sá |
categoria Eleições

No sábado passado informei aqui qua a aliança PT/PMDB em torno da candidaura da govenadora Roseana estava fechada. Disse mais: só ainda acreditava que o deputado Flávio Dino (PCdoB) teria apoio do PT, e que o partido do presidente Lula terá candidatura própria ou uma chapa sem cabeça no Estado, quem não conhecia política, era ingênuo ou queria ser usado (reveja).

Com apoio do PT, Roseana fica praticamente imbatível

Com apoio do PT, Roseana fica praticamente imbatível

Por falar essa verdades, com base em informações que havia recebido dos próprios petistas, passei a ser alvo de comentaristas e da patota do PCdoB. Como nada mais certo nessa vida que um dia após o outro, com uma noite no meio, aconteceu o previsto.

Por 43 votos a 30, o Diretório Nacional do PT confirmou nesta sexta-feira a coligação do partido com o PMDB. Antes dessa votação, por 44 votos a 30, a instância já havia definido anular o encontro do PT-MA que havia definido a aliança PT/PCdoB.

A pré-candidata Dilma Roussef (PT) esteve na abertura da reunião. A tese pró-Roseana foi defendida pelos ex-ministros José Dirceu (Casa Civil) e Antonio Palocci (Fazenda), pelo líder do partido Câmara, deputado Cândido Vaccareza (SP), e o presidente da legenda, José Eduardo Dutra.

Ninguém ligou para as palhaçadas armadas pelo deputado Domingos Dutra, que ameaça iniciar uma greve de fome no Plenário da Câmara. Estiveram em Brasília tentando criar factóides a ex-deputada Terezinha Fernandes, Augusto Lobato, Sílvio Bembem e Manoel da Conceição. Conceição tentou iniciar uma greve de fome no auditório da sede do Diretório Nacional, mas foi expulso de lá.

Eles levaram a tiracolo os delegados Francivaldo Coelho, Marcelo Coelho e Maria de Lourdes Moreira da Silva, a Moçota, que apareceram na Veja dizendo terem recebido proposta em dinheiro para votar na aliança pró-Roseana. Ninguém quis saber de mais essa armação.

A questão da composição da chapa será definida no Maranhão. Mas confome informou o blog ainda no sábado, o mais provável é que o ex-deputado Washington Luiz (PT) seja o candidato a vice-governador e o atual ocupante do cargo, João Alberto de Sousa (PMDB), seja o candidato ao Senado. Agora a novela vai ser a participação do DEM na coligação.

O certo é o que o principal derrotado de todo esse processo foi Flávio Dino. Ele vai se reunir com os PSB para ver se ainda mantém a candidatura. Já Dutra, Bira do Pindaré, Bembem, Lobato, Terezinha e Jomar Fernandes devem desistir das candidaturas ao Senado e ao Parlamento. Na reunião de hoje eles não foram liberados a apoiar outro nome. Se quiserem concorrer terão de ir com Roseana.

Acabaram perdendo o trem da história.

PT do MA também vai investigar factóide da Veja

ter, 25/05/10
por Décio Sá |
categoria Eleições

Depois da Direção Nacional, cujos integrantes devem chegar ainda esta semana a São Luís, o PT do Maranhão teambém resolveu investigar a denúncia de cooptação de delegados. Em nota distribuída no final da manhã desta terça-feira, o presidente da legenda no Estado, Raimundo Monteiro, convoca os delegados citados na matéria da Veja a formalizarem a denúncia na instância  para apuração e punição cabíveis.

“Diante da gravidade desses fatos intimaremos os delegados envolvidos para formalizarem suas denúncias perante a Comissão Executiva Estadual a fim de que seja realizada uma apuração rigorosa em nível estadual e nacional, aplicando punições cabíveis, através dos mecanismos disciplinares estatutários do PT. Lamentamos que setores do PT, conhecedores dos mecanismos disciplinares internos, recorram a “mídia tucana”, para fazerem tais denuncias”, diz Monteiro na nota.

Um passarinho vermelho contou ao blog que essa história ainda pode respingar na ex-deputada Terezinha Fernandes que, em 2007, titular da Secretaria de Trabalho, lutou com unhas e dentes para que Bira do Pindaré fosse o candidato a prefeito de São Luís em vez de Flávio Dino (PCdoB). Depois não digam que eu não avisei!

Abaixo a íntegra da nota:

Nota do Partido dos Trabalhadores do Maranhão

É com perplexidade e absoluta indignação que o Partido dos Trabalhadores do Maranhão acompanhou a matéria da Revista Veja, reportagem assinada por Sofia Krause, deste domingo, “PMDB tenta comprar petistas no Maranhão”, repercutida na mídia nacional e em jornais e blogs locais, na qual são especuladas supostas tentativas de compra de delegados ao longo do processo de Definição de Tática Eleitoral do PT em 2010, com relatos de delegados que dizem ter recebido proposta de ofertas em dinheiro para votar a favor da aliança PT-PMDB no Maranhão. Lamentamos que setores do PT, conhecedores dos mecanismos disciplinares internos, recorram a “mídia tucana”, para fazerem tais denuncias.

PT 30 anos 250510O Partido dos Trabalhadores do Maranhão informa à sociedade em geral que não existe qualquer denúncia formalizada no PT sobre tentativa de compra de votos de 4 (quatro) delegados por parte de petistas com intuito de aprovar a aliança com o PMDB no Processo de Definição de Tática Eleitoral do PT do Maranhão em 2010, método pelo qual o conjunto do partido através dos delegados das chapas que disputaram o PED, de forma livre, democrática e direta  escolhe a tática eleitoral e os seus candidatos. Por sinal, o PT é o único partido brasileiro que adota esse tipo de mecanismo.

A história de vida e lutas do PT repudia qualquer tentativa de fraude e de compra de votos. Sempre rechaçamos essa prática, como também sempre rechaçamos qualquer tipo de violência à vida e à democracia. Esses são valores intrínsecos ao PT. Qualquer denúncia é apurada nas instâncias partidárias e com o direito a ampla defesa de todos os envolvidos. Neste caso, diante da gravidade desses fatos intimaremos os delegados envolvidos para formalizarem suas denuncias perante a Comissão Executiva Estadual a fim de que seja realizada uma apuração rigorosa em nível estadual e nacional, aplicando punições cabíveis, através dos mecanismos disciplinares estatutários do PT.

Por fim, o PT do Maranhão tem agido em consonância com as orientações da direção Nacional, de forma responsável, na busca da construção de uma política de aliança no Maranhão que fortaleça a candidatura Dilma.  Assim, repudiamos os ataques da “mídia tucana” que tem como objetivo desgastar a aliança PT e o PMDB, utilizando a VEJA para novamente atacar nosso partido e a continuidade do nosso Projeto Nacional com Dilma Presidenta. Nem o PT nem a sociedade brasileira podem aceitar o baixo nível para o qual parte da “mídia tucana” ameaça levar o embate político às vésperas de mais uma eleição presidencial. O Povo Brasileiro não merece isso. Muito menos a nossa democracia.

São Luis, 24 de maio de 2010.

Raimundo Monteiro
Presidente do Diretório Estadual do PT/MA.

Petistas do Baixo Parnaíba declaram apoio a Roseana

sex, 21/05/10
por Décio Sá |
categoria Eleições

A governadora Roseana Sarney (PMDB) foi recebida nesta sexta-feira, em Chapadinha, por militantes de vários diretórios municipais do PT da região do Baixo Parnaíba, que se reuniram exclusivamente para esclarecer sua posição quanto à participação do partido no Governo do Maranhão e quanto ao apoio à aliança PT/PMDB no Maranhão.

Roseana e dirigentes do PT se reuniram com militantes em Chapadinha

Governadora Roseana e petistas reunidos em Chapadinha

Estiveram presentes ao encontro o vice-governador João Alberto, os secretários Hildo Rocha (Articulação Política), José Antônio Heluy (Trabalho), o suplente de deputado federal Washington Oliveira, a secretária-adjunta Virna Teixeira (Educação), o presidente da legenda no Estado, Raimundo Monteiro, além de trabalhadores e trabalhadoras e representantes de sindicatos dos trabalhadores rurais dos municípios de Brejo, São Bernardo, Vargem Grande, Nina Rodrigues, Milagres do Maranhão, Araioses, São Luís, Coelho Neto, Caxias, Santa Quitéria, Chapadinha, Mata Roma, Buriti de Inácia Vaz, Anapurus, dentre outros.

A reunião deu continuidade à construção e fortalecimento da aliança PT/PMDB no Maranhão, reforçando a posição favorável já expressa durante o encontro do último domingo, dia 16, quando foi publicado um manifesto de apoio à composição partidária para as eleições de outubro. O manifesto foi assinado por 98 delegados do partido em favor da aliança em torno da candidatura da governadora Roseana Sarney.

Durante o encontro em Chapadinha, Roseana reafirmou sua vontade de manter a composição com o PT e destacou a importância de ter membros da legenda em seu governo. “Estar com o PT na administração é uma oportunidade de mostrar aos maranhenses o modo petista de governar que tanto tem feito o Brasil crescer. O Maranhão precisa crescer também”, enfatizou ela.

Para a governadora, o próximo passo a ser dado é fechar compromisso para mobilizar toda a base petista nos vários municípios do Estado, em torno de sua candidatura à reeleição.  “Vamos ao trabalho”, concluiu.  Diretórios de outras regiões do Estado, como o sul maranhense e a região dos Cocais, já manifestaram interesse em receber Roseana já na próxima semana.

Presidente do PT manda suspender encontro no MA e diz que aliança será definida pela Direção Nacional

qua, 19/05/10
por Décio Sá |
categoria Eleições

O presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, determinou ontem a suspensão do encontro estadual do PT marcado para para amanhã que definiria os nomes dos candidatos do partido a vice-governador, senador e deputado.

Petistas entregam manifesto para José Eduardo Dutra

Petistas entregam manifesto para José Eduardo Dutra

Eduardo Dutra disse aos dirigentes locais da legenda, que estiveram nesta terça-feira na sede do PT Nacional em Brasília para entregar um manifesto com a assinatura de 99 delegados em favor da aliança da legenda com o PMDB da governadora Roseana Sarney, que a questão da composição do PT do Maranhão para as eleições deste ano será definida nos próximos dias pela Direção Nacional.

A comitiva maranhense foi formada pelo presidente do Diretório Estadual, Raimundo Monteiro, pelo suplente de deputado Washington Luiz Oliveira, os secretários Anselmo Raposo (Educação), José Antônio Heluy (Trabalho) e Edmilson Santos (Ação Social), presidente do diretório municipal, Fernando Silva, e os dirigentes estaduais Mundico Teixeira, Edmilson Carneiro e Rodrigo Comerciário.

“Lutamos por esta aliança por considerá-la o melhor palanque para a companheira Dilma Rousseff e também o melhor caminho para o PT no Maranhão”, explicou Raimundo Monteiro.

O encontro ontem em Brasília é fruto da reunião que integrantes do partido tiveram domingo com a governadora Roseana Sarney. A edição de hoje da coluna Panorama Político, de O Globo, publicada simultaneamente em O Estado Maranhão, diz que “o PT Nacional está se articulando para intervir no diretório do Maranhão”.

Mais uma prova que a definição da aliança PT/PMDB no Estado agora é só uma questão de tempo.

“Vocês serão meus companheiros de luta”, diz Roseana após receber apoio do PT do Maranhão

dom, 16/05/10
por Décio Sá |
categoria Eleições

Roseana abraça camisa do PT recebida de presente na reunião

Roseana abraça camisa do PT recebida durante reunião

O PT do Maranhão sacramentou neste domingo o apoio a candidatura à reeleição da governadora Roseana Sarney (PMDB). Em manifesto entregue a Roseana, com mais de 90 assinaturas de delegados que participaram do encontro do partido em março, os petistas reafirmaram que o projeto nacional da legenda no Estado passa pela reeleição da peemedebista, ao mesmo tempo em que reinvindicam a vaga de vice-governador na chapa.

Participaram da reunião, encerrada por volta das 16h e realizada no hotel Holliday Inn (São Francisco), os secretários petistas José Antonio Heluy (Trabalho), Anselmo Raposo (Educação), Edmilson Santos (Desenvolvimento Social), o também secretário Hildo Rocha (Articulação Política), o presidente do partido no Estado, Raimundo Monteiro, o suplente de deputado federal Washington Luiz Oliveira, o prefeito Luizinho da Amovelar (Coroatá), o ex-prefeito Miltinho Dias (Barreirinhas), os pré-candidatos Frasuila Lopes e Edmilson Carneiro, além de cerca de cem integrantes da legenda.

Washington e Monteiro evitaram falar abertamente que a questão foi realmente fechada em favor de Roseana. Disseram que vão encaminhar o documento para a Direção Nacional do PT “decidir”. No entanto, segundo apurou o blog, essa foi a fórmula que o partido no Estado foi orientado a fazer para evitar confronto interno. Na semana passada, o presidente Lula bateu o martelo em favor de Roseana, segundo revelou o jornal O Globo (reveja).

Segundo Washington, o encontro marcado para o dia 21, quando seriam definidas questões relativas a candidaturas de senador e vice, não deve ser mesmo mais realizado. “Queremos evitar o confronto porque já tinha gente (Domingos Dutra) dizendo que iria haver sangue”, disse. De acordo com ele, a questão agora está nas mãos do presidente Lula e da pré-candidata Dilma Roussef. “Eles é que vão fazer a análise (do manifesto) e decidir. Não se trata de intervenção. Estamos tentando encontrar uma saída política. O encontro passado foi muito contubardo e inibiu a manifestação livre dos delegados”, explicou.

Declarações

Muito assediada durante a reunião, a governadora teve de posar para fotos  com os novos “companheiros” e até ganhou de presente uma camisa com a estrela vermelhado do PT. Ela garantiu a participação de um membro do partido na chapa majoritária, mas evitou fechar questão em torno da vice.

Roseana PT  fechou 2“Eu não quero vocês por debaixo dos panos. Eu não tenho vergonha de vocês e nem vocês de mim. Não quero subserviência. Não quero um partido fraco do meu lado. Por isso coloquei três secretários em pastas importantes e estratégicas. Não quero que aconteça com vocês o que aconteceu em 2008 quando o PT não elegeu nenhum candidato a vereador”, disse ela, sendo interrompida por efusivos aplausos.

Na sequência, completou: “Queremos uma aliança em pé de igualdade. Não tenho nenhum problema de colocar os projetos do PT no plano de governo e da participação de vocês na campanha. Não tenho nada a esconder. Vocês vão fazer parte da minha chapa (majoritária). Vão ser verdadeiramente meus companheiros de luta”.

Fotos: Handson Chagas/Divulgação.

Nota: Post alterado às 18h15 para acréscimo de informações.

PT divulga nota sobre participação no governo

sáb, 24/04/10
por Décio Sá |
categoria Política local

O Diretório Estadual do PT divulgou nota neste sábado a respeito da decisão tomada ontem avalizando a participação de membros do partido no governo Roseana Sarney (PMDB). Na nota, os petistas afirmam que estão seguindo no Maranhão orientação do congresso nacional da legenda no sentido de “envidar todos os esforços no sentido de buscarmos candidaturas únicas nos estados” com objetivo de eleger a ex-ministra Dilma Roussef. Para consolidar a aliança entre o PT e o PMDB no estado é que a legenda apoia a ida de seus filiados para o governo. Abaixo, a íntegra da nota:

Resolução do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores do Maranhão, em sua reunião ordinária, no dia 23 de abril de 2010, realizada no Auditório do Sindicato dos Servidores Públicos Federais – Sindsep, no Monte Castelo, São Luís – MA.

PT regionalEm consonância com as Resoluções do IV Congresso Nacional do Partido Trabalhadores, onde “devemos envidar todos os esforços no sentido de buscarmos candidaturas unitárias”, para dar continuidade ao Projeto Nacional desenvolvido pelo Governo do Presidente Lula e do Partido dos Trabalhadores, que é a eleição da companheira Dilma Rousseff para Presidenta do Brasil;

E com o propósito de consolidar a ampla aliança e contribuir com a implementação das políticas públicas para o beneficio da sociedade maranhense, o Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores do Maranhão aprova a participação de seus filiados e dirigentes no Governo Estadual do PMDB, partido comprometido com o projeto de desenvolvimento implementado pelo Governo Lula.

São Luís, 23 de abril de 2010.

Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores do Maranhão.



Formulário de Busca


2000-2014 globo.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade